Análise: Corinthians colhe o que plantou no jogo de ida e cai na Copa do Brasil

3.4 mil visualizações 122 comentários

Corinthians não conseguiu fazer o que precisava para se classificar, ainda que tenha sido prejudicado

Corinthians não conseguiu fazer o que precisava para se classificar, ainda que tenha sido prejudicado

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians, ao meu ver, não fez um jogo ruim contra o Atlético-GO, mas teve uma eliminatória péssima na soma com o primeiro jogo. Tentou passar com o seu gol ileso na maior parte do tempo e buscou saídas esporádicas para abrir o placar. Executou o plano bem e, prejudicado pela arbitragem, até poderia ter passado de fase. Isso não o exime de críticas pela vexatória eliminação, colhida no duelo de ida.

Defensivamente mais uma vez esteve bem postado para ganhar as bolas no meio-campo e tentar escapadas pela direita. A diferença, porém, foi que o lateral direito não era Fagner e sim Méndez, um zagueiro improvisado. Ou seja, coube a Mosquito buscar as suas jogadas já características por ali, com bom resultado em algumas ocasiões.

O problema, repito, foi precisar de um resultado dilatado fora de casa com uma equipe que, se não estiver postada desse jeito, oferece ao adversário muitas chances de gol, como foi provado durante toda essa temporada. Sem a segurança de soltar o time, Sylvinho esperou até onde achou necessário para ir à frente.

Eu teria voltado com uma equipe mais ofensiva já no intervalo, aproveitando os bons passes de Cantillo e que um gol, já àquela altura, pouco mudaria o cenário. O time ainda quase chegou com bom passe de Cantillo para Mosquito, que tentou cavar sobre Fernando Miguel e parou em boa defesa do goleiro.

A partir dos 25 minutos o treinador ativou o modo ofensivo, claramente tardiamente, e mandou a campo Mateus Vital, Jô e Adson para tentar lotar a área adversária. Outra vez houve apenas um lance, com Adson recebendo em condição após desvio de Jô e chutando para fora, mas era pouco para quem precisava de 2 a 0.

Em tempo: o erro da arbitragem ao não dar um pênalti e expulsar Maranhão ainda no primeiro tempo foi claro, somado ao fato de Fagner só não estar jogando por um vermelho injusto no jogo de ida. Não foi só por isso, porém, que a equipe acabou eliminada. Talvez se repetisse o desempenho desta noite na ida, estaria comemorando a classificação.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Corinthians terá volta de Jô e garotos à disposição no domingo

    Corinthians relaciona 23 jogadores para encarar o Bahia com retorno de Jô e garotos; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou a preparação para buscar a vitória contra o Bahia, fora de casa, na Fonte Nova

    Corinthians fecha preparação para enfrentar o Bahia sem dois titulares de ataque; veja escalação

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Fluminense neste sábado

    Assista ao jogo entre Corinthians e Fluminense pelo Brasileiro Sub-17 ao vivo

    ver detalhes
  • Protesto foi realizado em frente à sede social do clube, o Parque São Jorge

    Protesto pede expulsão de Andrés do Corinthians e tem ameaça em caso de rebaixamento do clube

    ver detalhes
  • Corinthians volta a entrar em campo nesta sábado depois de uma semana sem jogos

    Corinthians enfrenta o Minas na retomada do Brasileiro Feminino para se firmar na liderança

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, tem valor alto de dívidas do clube a quitar

    Economista expõe razões para dívidas de curto prazo serem maior preocupação do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x