O maior adversário do Corinthians nesta noite não é o Deportivo Cali

Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

ver detalhes

O maior adversário do Corinthians nesta noite não é o Deportivo Cali

Coluna do Jorge Freitas

Opinião de Jorge Freitas

9.7 mil visualizações 25 comentários Comunicar erro

O maior adversário do Corinthians nesta noite não é o Deportivo Cali

Corinthians volta à Neo Química Arena pela Libertadores nesta quarta-feira

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians entra em campo nessa quarta pensando unicamente nos três pontos. Contra o Deportivo Cali, da Colômbia, o Timão já sabe que qualquer resultado diferente da vitória o deixará na lanterna do Grupo E da Libertadores da América.

Apesar de ter vencido o Boca Juniors na estreia da competição, a boa notícia para a Fiel é que o Cali não vive uma boa fase nem mesmo em seu país. No Campeonato Colombiano, o clube é o vice-lanterna com 13 pontos em 15 partidas disputadas, bem longe da zona de classificação para a fase final do campeonato.

Fora de casa, o cenário também é bastante ruim. Foram cinco derrotas em sete jogos, com apenas três gols marcados. A equipe não consegue uma vitória quando joga fora de seu estádio desde 27 de fevereiro deste ano, quando ganhou do União Madalena, exatamente o único time que está abaixo do clube na classificação geral.

Ao olharmos o adversário, portanto, percebemos que o Corinthians se encaminha para um grande jogo, mas a desconfiança da Fiel paira exatamente no próprio alvinegro. Apesar de estar dominante dentro de casa depois que a volta do público aos estádios foi liberada, o Timão tem sofrido para enfrentar adversários teoricamente mais frágeis, como na suada classificação contra o Guarani pelas quartas de final do Paulistão.

No entanto, é inegável que a vitória contra o Botafogo elevou os ânimos e a confiança generalizada no clube. Os 3 a 0 aplicados na primeira etapa no Rio de Janeiro, com show de Willian e boa atuação de Paulinho, fazem a Fiel esperar um grande jogo hoje, às 21h, no retorno da Libertadores da América à Itaquera, pela primeira vez como Neo Química Arena pela competição.

Se repetir o nível de atuação apresentada no domingo, com Renato Augusto descansado e Fagner de volta, portanto, não deve encontrar dificuldades com o rival colombiano.

Engana-se quem pensa que o Cali é o principal adversário do Timão nesta noite. As recentes falhas da equipe que são.

É claro que futebol não se ganha antes do jogo, mas é inegável que se o Timão jogar para vencer suas próprias deficiências, fatalmente sairá com os três pontos.

Veja mais em: Libertadores da América e Corinthians x Deportivo Cali.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Jorge Freitas

Por Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

O que você achou do post do Jorge Freitas?

x