Fórum do Corinthians

O elenco do Corinthians é ruim ou está EMOCIONALMENTE desgastado?

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de samiR o Andrade

Ranking: 10.620º

Samir 119 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 10/06/2021 às 14:55
Por samiR o Andrade (@samir.o.andrade)

O elenco é ruim, ou está EMOCIONALMENTE desgastado?

Psicologia no Esporte

O que é Psicologia do Esporte? A Psicologia do Esporte é uma ciência, que estuda os comportamentos de pessoas envolvidas no contexto esportivo e de exercício físico. Estudos apontam o potencial da cada atleta, onde ele pode chegar, como alcançar seu auge físico e, um trabalho bem feito, aponta também a fragilidade do atleta, ou de um grupo de atletas, seja ele um competidor individual, ou coletivo.

O objetivo do psicólogo do esporte é entender como os fatores psicológicos influenciam o desempenho físico e compreender como a participação nessas atividades afeta o desenvolvimento emocional, a saúde e o bem estar de uma pessoa nesse ambiente.

A atuação profissional mais conhecida está relacionada aos esportes de alto rendimento. Mas, não é só isso o foco do psicólogo do esporte. As áreas de intervenção são compostas também: pelas práticas de tempo livre (atividade física como manutenção da saúde e do bem estar), pelo esporte escolar (a relação do praticante com o ambiente escolar, nos mais variados graus), pela iniciação esportiva (crianças e jovens envolvidas em atividades esportivas, pedagógicas e competitivas), pela reabilitação (recuperação psicológica de lesão de atletas e praticantes de esporte, assim como pessoas que praticam atividade física como meio para reabilitação ou inserção social, os obesos, os doentes cardíacos, os doentes mentais, as pessoas com necessidades especiais entre outros), e por fim pelos projetos sociais (tem como intuito o esporte como meio de educação e socialização de crianças e jovens de comunidades carentes).

Como exemplo de que um trabalho psicológico potencializa e ajuda na evolução, temos o técnico da nossa seleção, seu conhecimento na área, o condicionou a ser um gestor de pessoas. Podemos citar os trabalhos onde ele foi extremamente atuante. O elenco de 2011/12 até o primeiro semestre de 2013, era sim um grupo fechado e bem montado, mas quem não se lembra das críticas feitas ao Paulinho quando estreou, Alessandro visto como refugo de vários clubes, pois ele nunca foi unanimidade por onde atuou, Jorge Henrique, só sabia correr, limitado.

Entretanto jogadores que não tinham status de craques, nas mãos do técnico Tite, faziam parte da espinha dorsal do elenco neste período. Tite no âmbito PSICÓLOGICO, trabalhou mais a mente, do que o físico, lógico que o físico é fundamental, porém o desenvolvimento mental, foi a identidade daquele elenco, que foi rotulado pelos torcedores e imprensa esportiva, como um time frio, calculista: ' sabia sofrer' e quando buscava o resultado, era CIRÚRGICO. E o trabalho de 2015, quando ele consegue convencer o elenco a deixar de lado os problemas financeiros dos bastidores e, focarem na conquista do Brasileirão daquele ano, fora o trabalho de recuperação do centroavante Vagner Love. Resultado, um time ofensivo, comprometido com a comissão técnica e que jogava por música.

Por fim, não estou fazendo acusações, nem menosprezando o trabalho que tem sido feito pelos profissionais que lá estão. Mas na minha humilde observação, vejo no semblante dos atletas, que eles mesmos não confiam no próprio potencial! Muitos entram em jogos decisivos, como os confrontos feitos contra o Atlético Goianiense, já convictos que não vão conseguir supera-los, está visível.

Acredito que um trabalho bem executado psicologicamente falando, fará esse elenco ao menos não sofrer tanto no único campeonato que nos restou para ser disputado em 2021.

Qual sua opinião?

Vai, Corinthians!

7.735 visualizações e 301 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

x