Corinthians 2 x 0 Santa Fe - Final - Libertadores Feminina 2021

Libertadores Feminina 2021 - Corinthians 2 x 0 Santa Fe

Partida de futebol entre Corinthians 2 x 0 Santa Fe nLibertadores Feminina 2021

https://www.meutimao.com.br/jogo/7206/libertadores_feminina_2021/corinthians-2-x-0-santa_fe

02:00

2021-11-21T20:00:00

Parque Central

Endereço: Carlos Anaya 2900, Montevideo 11600, Montevidéu, , Uruguai

Sobre a Partida

Corinthians vence o Santa Fé e é tricampeão da Libertadores Feminina de maneira invicta

Comemora, Fiel! O Corinthians é tricampeão da Libertadores Feminina! Na noite deste domingo, a equipe alvinegra bateu o Independiente Santa Fé, da Colômbia, por 2 a 0 e conquistou o título da competição com uma campanha invicta.

O Corinthians abriu o marcador no começo do primeiro tempo, com Vic Albuquerque, e garantiu o triunfo na reta final da primeira etapa com gol de Gabi Portilho. O Timão ainda suportou uma forte pressão das colombianas, mas não teve seu gol vazado.

A campanha alvinegra que acaba em título tem 100% de aproveitamento. São seis vitórias em seis jogos, com a liderança da fase de grupos e 24 gols marcados, com apenas dois sofridos. O título é o segundo da equipe no ano, que também foi campeã brasileira.

Anota aí! O Corinthians agora volta ao Brasil e se prepara para a final do Paulistão Feminino, contra o São Paulo, que ainda não tem data confirmada.

As titulares da decisão!

O técnico Arthur Elias fez algumas mudanças para a grande final e escalou o Corinthians com Kemelli, Katiuscia, Gi Campiolo, Yasmim, Juliete, Gabi Zanotti, Diany, Gabi Portilho, Tamires, Adriana e Vic Albuquerque.

Time titular do Corinthians para a final da Libertadores

Meu Timão

O Santa Fé, por sua vez, foi a campo com Tapia, Gutiérrez, Rangel, Ramos, Acosta, Salazar, Romero, Robledo, Gauto, Celis e Guarecuco.

Os 90 minutos

O primeiro tempo

A equipe do Santa Fé começou o jogo pressionando basta te as corinthianas. Depois de uma finalização sem muita força, o chute seguinte, de Salazar, explodiu no travessão e seguiu vivo na pequena área. Kemelli ainda fez uma importante defesa na sobra que ficou com Romero e, logo em seguida, Diany desarmou a adversária na pequena área para afastar o perigo.

Ao oito minutos, Kemelli voltou a ser exigida em cobrança de falta que foi direto no gol e colocou a bola em escanteio. Na cobrança, a defesa corinthiana levou a melhor e conseguiu puxar o contra-ataque para abrir o placar. Adriana comandou a jogada, abriu com Vic Albuquerque na direita e a camisa 17 cruzou na área. Gabi Portilho conseguiu o desvio e encontrou Adriana novamente na área para marcar de cabeça e abrir o marcador. 1 a 0 com dez minutos de jogo!

Pouco depois, o Corinthians voltou ao ataque e, agora pela direita, Portilho recebeu o passe e conseguiu a finalização cruzada, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Santa Fé tentou a resposta em cobrança de escanteio e a bola encontrou Romero na pequena área, mas Kemelli deixou o gol para desarmar a adversária e ficar com a bola.

Nos minutos seguintes, o Corinthians conseguiu frear a pressão adversária e passou a tomar conta da posse de bola. O Timão pressionava as saídas e trocava passes para chegar ao gol de Tapia pelas laterais. Por dois lances seguidos, as colombianas levantaram a bola na área corinthiana, mas as defensoras afastaram o perigo sem dificuldades.

Com cerca de 30 minutos, o Corinthians viu o Santa Fé chegar muito perto do empate. Na já clássica jogada do Timão quando Kemelli deixa a área para afastar a bola lançada pelo meio, a goleira se desencontrou com Yasmim e não afastou o perigo. A bola ficou com Guarecuco, que tinha o gol livre e bateu de longe, mas a finalização raspou a trave e saiu pela linha de fundo.

Depois do susto, o Corinthians tentou a resposta com Vic Albuquerque após boa jogada de Gabi Portilho, mas o chute foi defendido por Tapia. No lance seguinte, o cruzamento de Tamires foi afastado em escanteio, que teve o desvio de Gi Campiolo de cabeça por cima do gol.

As colombianas ainda tentavam o empate e novamente pressionaram a saída corinthiana, agora com Robledo. Ela apertou a saída de bola da Kemelli e conseguiu desvia o chutão da goleira, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Já dentro dos cinco minutos finais, o Corinthians ampliou a vantagem para ir para o vestiário mais tranquilo. Adriana roubou a bola pelo meio e acionou Gabi Zanotti, que conseguiu ótimo lançamento para Tamires pela esquerda. A camisa 14 cruzou rasteiro na área e Gabi Portilho chegou batendo de primeira para estufar a rede de Tapia. Assim, o primeiro tempo chegou ao fim com vantagem do Timão por 2 a 0.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para a etapa final sem alterações no time titular. A primeira finalização ao gol foi do Santa Fé, com Gauto em falta cobrada direto na meta e bem defendida por Kemelli. As corinthianas tentaram o primeiro chute quando Vic Albuquerque tabelo com Adriana e recebeu o passe de volta na área, mas Gutiérrez fez a proteção e Tapia ficou com a bola.

Autora do segundo gol corinthiano, Gabi Portilho chegou perto de marcar mais uma vez com cerca de 15 minutos. Vic Albuquerque recebeu o passe pelo meio e acionou a camisa 18 aberta pela direita, mas a finalização de primeira saiu por cima do gol. Após o lance, a bandeirinha marcou impedimento na jogada. As colombianas responderam rápido e Gauto chutou alto da entrada da área, mas a bola passou raspando e saiu em tiro de meta.

As adversárias pressionavam bastante a saída de bola corinthiana e apostavam em jogadas aéreas ou pelo lado esquerdo da defesa do Corinthians. Com pouco mais de 20 minutos, Arthur Elias fez as duas primeiras mudanças do Timão e colocou Jheniffer e Poliana nos lugares de Vic Albuquerque e Katiuscia.

Perto dos 30 minutos, o Corinthians voltou a construir a jogada pelo meio e Adriana se livrou da marcação, mas viu Tapia deixar o gol para ficar com a bola antes de conseguiu a finalização. Cerca de cinco minutos mais tarde, Arthur Elias voltou a mexer na equipe e colocou Ingryd no lugar de Diany.

Nos minutos finais, as colombianas pouco corriam atrás do placar e o Corinthians dominava o jogo. Já depois dos 40 minutos, Gabi Portilho e Tamires deixaram o jogo para as entradas de Andressinha e Grazi. O Timão ainda tentou o terceiro gol, mas não voltou a balançar as redes e se sagrou campeão com o placar de 2 a 0!

Ficha técnica de Corinthians 2 x 0 Santa Fe

Competição: Copa Libertadores Feminina da América
Local: Gran Parque Central, Montevidéu, Uruguai
Data: 21 de novembro de 2021 (domingo)
Horário: 20h00 (de Brasília)
Árbitro: Maria Laura Fortunato
Assistentes: Mariana de Almeida e Daiane Milone
Árbitro de vídeo: Salomé di Iorio
Gols: Gabi Portilho, Adriana (Corinthians)
Cartões amarelos: Yasmim (Corinthians); Salazar (Santa Fe)

CORINTHIANS: Kemelli; Katiuscia (Poliana), Giovanna Campiolo, Yasmim, Juliete, Diany (Ingryd), Gabi Zanotti, Gabi Portilho (Andressinha), Tamires (Grazi), Victória Albuquerque (Jheniffer) e Adriana.
Técnico: Arthur Elias

SANTA FE: Tapia; Gutiérrez (Ramos), Rangel, Ramos e Acosta; Salazar, Romero (Chacón), Robledo e Gauto; Celis (Cuesta) e Guarecuco (Peña).
Técnico: Albeiro Erazo

Comente a partida: Corinthians 2 x 0 Santa Fe

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Jose

    Ranking: 2150º

    Jose 849 comentários

    396º. @jose.aparecido.sant. em

    O que está acontecendo com a Andressinha, titular da seleção e Banco no Corinthians.

  • Foto do perfil de Yassuo

    Ranking: 17400º

    Yassuo 57 comentários

    395º. @yassuo.lauro.uemura em

    O importante é a conquista da taça Libertadores, parabéns às Brabas e à Comissão Técnica, porém, observei algumas falhas na equipe e muita sorte. O técnico Arthur Elias, assim como outros técnicos, tem suas convicções e não abrem mão do que acham certo, ele arma o time da mesma forma que o Flamengo joga, 4222, Kati Gio Yasmin e Juliete, Diany e Zanotti, Portilho e Tamires, Vic e Adriana. O primeiro problema é a Yasmin de zagueira esquerda, errou quase tudo e também não tem altura para a função, outra situação foi no 2o tempo quando já estava ganhando de 2, ao fazer as trocas, tirou Diany e colocou Ingrid, se era para segurar o placar e assegurar a vitória, poderia tirar uma atacante e mudar para 4231, e também tirava a Yasmin recuava a Tamires para lateral esquerda (para ter saída de bola que Érica tinha), colocava a Pardal. Conclusão: acho A Elias um bom técnico, somente não pode ficar preso às suas convicções, o time sofreu sem precisar no 2o tempo, tirava Vic e colocaria Andressinha para tic taquear e gastar o tempo com as bolas de pé em pé, creio que 2020 ou outros torneios que perdemos foi por querer jogar sempre igual, às vezes temos que segurar o jogo.

  • Foto do perfil de EhNois

    Ranking: 1492º

    Ehnois 1166 comentários

    394º. @ehnois.smith em

    Jogam muito. Voltaram ao posto onde devem estar sempre
    O que joga a tal da Gauto também é brincadeira. Ambidestra e maestra do Santa Fé.

x