Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians - Copa do Brasil 2022

Copa do Brasil 2022 - Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians

Partida de futebol entre Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians nCopa do Brasil 2022

https://www.meutimao.com.br/jogo/7345/copa_do_brasil_2022/portuguesa-rj-1-x-1-corinthians

02:00

2022-04-20T21:30:00

Estádio do Café

Endereço: Av. Henrique Mansano, Londrina, PR, Brasil

Portuguesa-RJ 1 X 1 Corinthians

Copa do Brasil 2022
20 de abril de 2022, 21:30
Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians
Estádio do Café, Londrina, PR.
Corinthians vs Portuguesa-RJ edição 1 de 2

Sobre a Partida

Corinthians sofre gol cedo e fica no empate com a Portuguesa na estreia da Copa do Brasil

O Corinthians fez sua estreia na Copa do Brasil na noite desta quarta-feira e não conseguiu mais que um empate. Diante da Portuguesa, do Rio de Janeiro, o Timão marcou apenas um gol e ficou no placar igualado em 1 a 1.

A equipe carioca abriu o placar com menos de dois minutos de jogo e o Corinthians perdeu oportunidades ao longo da primeira etapa. No último minutos, no entanto, os corinthianos buscaram o empate com Jô. No segundo tempo, nenhuma das equipes balançou a rede.

Agora é Dérbi! O Corinthians volta a entrar em campo no sábado, quando enfrenta o Palmeiras em mais um clássico na temporada. A bola rola às 19h, na Arena Barueri, pelo Brasileirão.

Escalação

O técnico corinthiano escalou um time misto nesta noite para poupar os atletas de olho na sequência da equipe. Assim, o Timão foi a campo com Ivan; Fagner, Gil, Robert Renan e Bruno Melo; Xavier, Roni e Giuliano; Adson, Mosquito e Jô.

Corinthians escalado para enfrentar a Portuguesa, do Rio de Janeiro

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

Com menos de dois minutos o placar já estava inaugurado. Na recuada de bola do Corinthians para a defesa, Xavier foi desarmado perto da área e Cafu ficou com a bola. Ele venceu a marcação e bateu no canto, sem chance de defesa para Ivan.

Corinthians tentou sua primeira chegada pouco depois do gol, mas a jogada de Mosquito dentro da área acabou saindo pela linha de fundo sem perigo. Pouco depois, em uma cobrança de escanteio mal batida pelo Timão, Robert ficou com a sobra, venceu a marcação e cruzou rasteiro, mas os corinthianos não conseguiram a finalização.

Com quase dez minutos, Mosquito tentou nova jogada na linha de fundo e foi derrubado dentro da área. A bola saiu pela linha de fundo e os atletas alvinegros pediram pênalti, mas o juiz marcou apenas tiro de meta.

A equipe carioca voltou a tentar o gol quando Fagner perdeu a bola e a defesa corinthiana teve que fazer a falta para parar a jogada. A cobrança foi levantada na área e Gil afastou o perigo de cabeça.

A nova chance corinthiana veio no chute de Adson após o passe de Roni, mas a linha de zaga bloqueou o chute. A sobra foi alvinegra, mas o recomeço da jogada acabou em falta para os cariocas. Logo em seguida, mosquito exigiu boa defesa de George em chute rasteiro pela esquerda.

Passados os 20 minutos, o Corinthians perdeu sua melhor chance do jogo até o momento. Adson conseguiu o passe para Giuliano pela direita, o corinthiano foi para a linha de fundo e cruzou para Mosquito, que finalizou de primeira, mas mandou a bola para fora.

Após a chegada corinthiana, a Portuguesa respondeu também com perigo. Kayron ficou com a bola na entrada da área, driblou os marcadores e conseguiu o passe para Claudinho, que finalizou alto, mas por cima do gol.

Os minutos seguintes foram marcados por muito perde e ganha das duas equipes, sem que novas chances de perigo reais fossem criadas. O Corinthians apresentava dificuldade na criação ofensiva e cometia erros de passes.

Já nos minutos finais, Bruno Melo recebeu o passe na entrada da área e conseguiu acionar Giuliano longe da marcação, mas a finalização do meio saiu mascada e George fez a defesa.

Pouco depois, o Corinthians conseguiu buscar o empate antes que o primeiro tempo chegasse ao fim. Mosquito recebeu o passe na direita, cruzou na área e Roni e Giuliano deixaram a bola passar. Jô conseguiu o domínio e tocou no canto do gol antes que a marcação chegasse para deixar tudo igual.

Segundo tempo

O Corinthians voltou com três mudanças para o segundo tempo: Mantuan, Giovane e Rafael Ramos entraram nos lugares de Adson, Jô e Fagner. A Portuguesa, por sua vez, voltou com um desfalque: o técnico da equipe carioca fez muitas reclamações na ida ao vestiário e acabou expulso.

A primeira boa chance do Corinthians nos 45 minutos finais foi de Giovane. Ele recebeu a cobrança de lateral, tabelou com Giuliano e bateu da entrada da área, mas a bola passou raspando a trave e saiu em tiro de meta.

Com cerca de 15 minutos, a Portuguesa roubou a bola no campo de ataque e construiu a jogada pela esquerda. Jhonnatan recebeu o passe na entrada da área, limpou a marcação e bateu alto, mas para fora. Logo em seguida o Corinthians deu a resposta em contra-ataque com Mantuan, mas a finalização foi afastada em escanteio.

Antes da cobrança, Vítor Pereira mexeu na equipe e colocou Du Queiroz no lugar de Giuliano. No escanteio, a sobra ficou com Roni e ele tentou voltar a bola na área, mas o goleiro ficou com ela. No lance seguinte, Giovane voltou a tentar o gol, agora em chute de longe, mas a bola saiu por cima do gol.

A Portuguesa voltou ao ataque com Patrick, que venceu Robert na entrada da área e conseguiu a finalização, mas foi travado por Bruno Melo, que afastou o perigo em escanteio.

Aos 27 minutos, Ivan teve que fazer ótima defesa e impedir o segundo gol adversário após uma cobrança de escanteio na pequena área. A sobra ia ficando com Pernão, mas a jogada foi para por impedimento.

Pouco depois, o treinador corinthiano mexeu pela última vez na equipe e promoveu a estreia de Wesley, que entrou no lugar de Mosquito. Em sua primeira oportunidade, o jovem atacante conseguiu ótimo cabeceio na dividida com George, mas a bola raspou no travessão e saiu pela linha de fundo. O lance deixou o arqueiro machucado e ele acabou substituído.

Pouco depois, Giovane recebeu o passe em velocidade na direita e cruzou para Mantuan, mas a finalização rasteira saiu sem perigo ao gol adversário. Perto dos 45 minutos, a partida ficou paralisada por sinalizadores na torcida do Corinthians. Nos acréscimos, nenhuma das equipes conseguiu novos gols e a partida acabou empatada.

Ficha técnica de Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians

Competição: Copa do Brasil
Local: Municipal Jacy Scaff, Londrina, PR
Data: 20 de abril de 2022 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior
Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos
Gols: Cafu (Portuguesa-RJ); (Corinthians)
Cartões amarelos: Leandro Amaro, Sidney e Kayron (Portuguesa-RJ); Xavier (Corinthians)
Público: 17.195 pagantes

PORTUGUESA-RJ: George (Paulo Henrique); Joazi, Itambé, Leandro Amaro e Jefferson; Sidney, Jhonnatan, Claudinho (Andrezinho) e Kayron (Douglas Eskilo); Cafu (Patrick) e Rafael Pernão.
Técnico: Toninho Andrade

CORINTHIANS: Ivan; Fagner (Rafael Ramos), Gil, Robert Renan e Bruno Melo; Xavier, Roni e Giuliano (Du Queiroz); Adson (Gustavo Mantuan), Gustavo Silva (Wesley Gassova) e (Giovane).
Técnico: Vítor Pereira

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Portuguesa-RJ 1 x 1 Corinthians

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Paulo Ayres

    Paulo 14 comentários

    3970º. @paulo.ayres.barreto em

    Jogar com 3 volantes contra a Portuguesa do RJ é um absurdo. E ainda se paga uma fortuna para o técnico tomar esse tipo de decisão. Ridículo.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de ALUISIO

    Ranking: 1094º

    Aluisio 1495 comentários

    3969º. @aluisio em

    O Técnico acertou em colocar um Time praticamente reserva para enfrentar a Lusa Carioca, é uma pena que alguns jogadores que vieram da Base ainda não entenderam que jogam em um Time Gigante e que por isso mesmo tem que mostrar um futebol de melhor qualidade, ou talvez eles não tenham essa qualidade toda que a gente 'quer' que eles tenham. É uma pena o Luan 'Milionário' não querer mais jogar futebol, ele deveria ter vergonha na cara e simplesmente sair do Clube, talvez fora do mundo do Futebol ele possa se encontrar, pode inclusive ser um Investidor, pois tem grana suficiente para ajudar muitos jovens a iniciar um empreendimento e para isso ele não vai precisar se desgastar com os 'cansativos' treinos que o futebol profissional exige, imagino que para 'apenas' investir o seu Staff tenha qualidade suficiente para fazer este serviço para ele ou por ele.

x