Sylvinho lembra tempos de base do Corinthians e admite que atletas vivem menos o clube hoje em dia

2.4 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Sylvinho lembrou da época de jogador e falou sobre os tempos atuais do Corinthians

Sylvinho lembrou da época de jogador e falou sobre os tempos atuais do Corinthians

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O técnico Sylvinho ainda está no começo do seu trabalho no Corinthians, mas conhece o Timão de longa data. Cria das categorias de base alvinegras, ele defendeu o clube do Parque São Jorge por mais de uma década enquanto jogador e agora aproveitou para relembrar esse período.

"Os anos passaram, o clube evoluiu, mas é o mesmo também. Clube midiático, projeta demais, 30 milhões de torcedores. É uma grande empresa, que projeta", comentou o comandante no Seleção SporTV. Em pergunta de Casagrande, seu ex-companheiro na época de jogador, reconheceu que hoje os atletas conhecem menos de Corinthians do que antes.

"Tinha uma aproximação maior. Acredito que aconteça também com os demais porque os CTs isolaram de certa forma, é a evolução dos tempos, o atleta tem uma condição de treino muito melhor, mas perde esse lado social, sim. Era um lado gostoso que nós tínhamos. Sobre a base, não tenho uma identificação maior se eles conhecem o clube, mas são gerações diferentes, tempos diferentes. Ganha-se no trabalho e perde-se nesse lado social", afirmou.

Sylvinho ainda aproveitou para recordar sua trajetória até os tempos atuais. "Para mim, voltar, depois de 12, 13 anos, amador e profissional, voltei como auxiliar com Tite e Mano. E tenho a honra hoje de ser treinador do Corinthians. E o processo do clube também é ótimo, CT, muito bom", avaliou.

De olho em um Campeonato Brasileiro que honre a capacidade do atual elenco, ele deixou claro que tem montado o time de acordo com o que o elenco lhe oferece. Sendo assim, é necessário adaptar o que ele pensa de futebol para o que os atletas podem fazer.

"Por mais ideias e conceitos que a gente tenha de futebol, o local é que vai nortear o trabalho do treinador. Obviamente o Corinthians tem uma identidade e eu nunca pensei em usar o contrário. E, a partir dai, pode ser o 4-3-3, 4-2-3-1, e os atletas estão dispostos a exercer a função dentro de campo. A gente vai conhecendo atletas mais jovens, que não tinha esse conhecimento, trabalhar com o atleta, inclusive poder usá-lo em outra função. São versáteis, podem jogar em mais de uma posição até pela condição não só técnica, quanto física. A ideia é sempre essa, ser Corinthians até o fim", concluiu Sylvinho.

Veja mais em: Sylvinho e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Willian e Róger Guedes juntos em mais um treino do Corinthians nesta sexta-feira

    'Quarteto' do Corinthians treina junto novamente e deve ser relacionado para partida de domingo

    ver detalhes
  • Atacante Cauê durante jogo entre Corinthians e Atlético-GO, pelo Brasileiro Sub-20

    Cauê recebe sondagens do exterior e segue com futuro indefinido pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Luan participou normalmente das atividades do Corinthians desta sexta-feira

    Luan se recupera e treina com o elenco do Corinthians visando a partida contra o América-MG

    ver detalhes
  • Fagner exaltou os reforços do Corinthians

    Fagner exalta reforços, mas pede paciência para o Corinthians de Sylvinho

    ver detalhes
  • Arthur Elias encarou com naturalidade as dificuldades enfrentadas pelo Corinthians na primeira final do Brasileirão

    Arthur Elias analisa primeiro Dérbi na final do Brasileirão e projeta decisão ainda mais disputada

    ver detalhes
  • A escalação do Corinthians para o próximo jogo tem gerado bastante expectativa na torcida

    Torcida do Corinthians sugere possíveis escalações para jogo contra o América-MG; veja formações

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x