Renato revela conversa com Roger por transferência ao Corinthians e valoriza projeto do clube

48 mil visualizações 110 comentários

Por Julia Raya e Rodrigo Vessoni

Renato Augusto falou sobre a possível contratação de Roger

Renato Augusto falou sobre a possível contratação de Roger

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O meia Renato Augusto foi apresentado oficialmente pelo Corinthians na tarde desta quarta-feira. Apesar de ser um dos nomes mais badalados do clube no momento, outro também chama a atenção: Roger Guedes, que estaria negociando com o Timão.

Renato chegou ao Corinthians depois de deixar a China, país onde o atacante ainda tem contrato. Questionado sobre uma possível conversa com o jogador, o meia corinthiano revelou a vontade de Roger de defender a equipe alvinegra.

"Sobre o Roger Guedes, a gente acaba tendo muito contato. Nos comunicamos bastante. Falei com ele há algum tempo. Estava disposto a vir, faltava a questão da liberação com o Shandong. Não sei como está essa questão hoje, mas é um cara que gostaria muito de vestir essa camisa", revelou o jogador em entrevista coletiva.

O novo camisa 8 do Timão faz sua segunda passagem no clube do Parque São Jorge. Para tomar a decisão de retornar ao time, Renato Augusto valorizou o projeto alvinegro e o carinho que tem com a torcida.

"Foi fácil escolher o Corinthians pela história que tenho no clube e pelo carinho do torcedor. O Corinthians se planejou para trazer jogadores de nível, reduziu folha salarial. Eu estou voltando, trouxe Giuliano, tem a possibilidade de Roger Guedes... quem sabe até mais coisa. Mas o trabalho é pra que possamos brigar por títulos em breve", disse o corinthiano.

E como era na China?

Renato Augusto chegou ao Corinthians cercado de muita expectativa por parte da torcida. Apesar de ter feito boas temporadas na China, o meia estava sem jogar há alguns meses, o que pode influenciar em seu desempenho. Pensando nisso, o camisa 8 reconheceu que não deve estrear já com seu melhor futebol, mas contou como o período na China o fez se manter em alto nível

"Falando do meu tempo na China, eu acabava tendo um desgaste maior, por ser estrangeiro, de seleção. Corria muito mais do que aqui até, precisava fazer o jogo acontecer. Durante esse tempo que fiquei lá foi em alto nível, joguei uma Copa do Mundo, deu pra me manter. Com esse tempo parado, nunca é a mesma coisa, estou correndo atrás do prejuízo, são duas semana de treino. Agora é tentar me readaptar ao futebol brasileiro, ao clube. Pela primeira vez na vida eu voltei para um clube, então é velho, mas é tudo novo ao mesmo tempo. Não vou começar no meu auge, vou precisar de tempo para crescer", admitiu Renato.

Veja mais em: Renato Augusto e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians esgotou os 40 mil ingressos para a final do Paulista Feminino

    Corinthians confirma 40 mil ingressos reservados para final do Paulistão; clube pode bater recorde

    ver detalhes
  • Grêmio depende do Corinthians para não ser rebaixado

    Corinthians deve receber 'incentivo financeiro' do Grêmio para vencer o Juventude, diz repórter

    ver detalhes
  • Michel Macedo não deve jogar contra o Corinthians

    Michel Macedo deve desfalcar o Juventude contra o Corinthians; lateral está emprestado pelo Timão

    ver detalhes
  • Corinthians prepara um time diferente no futsal para 2022

    Corinthians encaminha sete contratações para 2022 no futsal; veja os nomes

    ver detalhes
  • Corinthians voltou a treinar nesta terça-feira

    Com Cantillo recuperado, Corinthians treina posse de bola e finalização de olho no Juventude

    ver detalhes
  • Clássico entre Corinthians e Santos teve invasão da torcida ao gramado

    Corinthians é denunciado no STJD por invasão de torcedor ao campo no clássico contra o Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x