Com gol polêmico no final, Corinthians empata com o Atlético Goianiense fora de casa no Brasileirão

36 mil visualizações 1.590 comentários

Corinthians empatou fora de casa

Corinthians empatou fora de casa

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Atlético-GO 1 X 1 Corinthians

Brasileirão 2021
12 de setembro de 2021, 18:15
Atlético-GO 1 x 1 Corinthians
Castelo do Dragão

Neste domingo, o Corinthians visitou o Atlético Goianiense e não conseguiu mais que um empate por 1 a 1, em partida válida pela 20ª rodada do Brasileirão. Os gols da partida foram marcado por Gabriel Pereira e Zé Roberto.

A primeira etapa foi de poucas emoções, mas com um Corinthians superior. O time de Sylvinho controlou a partida e criou as melhores oportunidades nos 45 minutos iniciais, com Róger Guedes, Mosquito e Fagner. Isso, porém, não foi suficiente e a partida foi para o intervalo com 0 a 0 no placar.

Buscando a vitória, o Corinthians começou o segundo tempo pressionando o Atlético Goianiense e criou boas chances de gol logo no começo. Com 14 minutos, Gabriel Pereira fez boa jogada individual e abriu o placar. Depois do primeiro gol, o Timão passou a jogar no contra-ataque e o Atlético aproveitou. Aos 43 minutos, Zé Roberto empatou a partida em um gol muito polêmico,.

Com o empate, o time de Sylvinho chega aos 29 pontos e segue na sexta colocação do Brasileirão. O Timão não perde há seis jogos, sendo que venceu três e empatou outros três, e encostou no G4 da competição, ficando quatro pontos atrás do Fortaleza, quarto colocado.

Anota aí, Fiel! - o próximo compromisso do Corinthians é no próximo domingo, às 18h15, quando recebe o América Mineiro, na Neo Química Arena.

Escalação

O técnico Sylvinho teve os desfalques de Willian, Renato Augusto, Gil, Luan e Adson. Sendo assim, Sylvinho definiu seu time com: Cássio, Fagner, João Victor, Raul, Fábio Santos, Gabirel, Roni, Giuliano, Gustavo Mosquito, Gabriel Pereira e Róger Guedes.Corinthians enfrenta o Atlético-GO desfalcado

O Atlético-GO, por sua vez, entrou em campo com Fernando Miguel, Dudu, Wanderson, Eder, Igor Cariús, Willian Maranhão, Gabriel Baralhas, Arnaldo, João Paulo, Natanael e Zé Roberto.

O jogo

Primeiro tempo

O primeiro tempo não foi de muitas emoções. Sob um forte calor em Goiânia, os dois times erraram muito durante os 45 minutos iniciais. O Corinthians foi a primeira equipe a finalizar no jogo, com Róger Guedes, logo aos 50 segundos. A bola, porém, passou longe.

Com cinco minutos, o árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa deu um cartão amarelo para Raul Gustavo e, a partir disso, se perdeu no jogo. A partida passou a ficar mais disputada no meio e com muitas faltas marcadas.

Mesmo jogando fora de casa, o time de Sylvinho conseguiu controlar o jogo, mas não criou grandes chances de gol. Gustavo Mosquito, em um primeiro tempo ruim, cruzou e a bola passou, com perigo, por cima do gol de Fernando Miguel.

Róger Guedes foi um dos principais alvos do ataque corinthiano no primeiro tempo. Em dois lances seguidos, o camisa 123 viu a bola ser cortada por defensores do Atlético antes de chegar livre na área. Com 21 minutos, o atacante achou Fagner e viu o camisa 23 dar bom chute, mas Fernando Miguel fazer grande defesa.

Aos 27 minutos, a partida foi paralisada para a reidratação dos jogadores. Na pausa, Sylvinho pediu para o seu time ocupar mais o campo de ataque e isso aconteceu. Nos minutos finais da primeira etapa, o Corinthians criou mais chances.

Com 35 minutos, Gabriel Pereira e Róger Guedes fizeram boa jogada e viram Gustavo Mosquito, sozinho, furar a bola dentro da área, desperdiçando a melhor chance do Corinthians no jogo. Logo depois, o Atlético Goianiense deu o troco com Nataniel, que cruzou rasteiro e viu Dudu chegar batendo, mas a bola subiu muito. Depois, Cássio fez boa defesa em cruzamento.

O último lance de perigo da primeira etapa foi com Róger Guedes. O atacante recebeu cruzamento perfeito de Fagner e cabeceou sozinho na lateral da área assustando o goleiro Fernando Miguel. Mesmo assim, a partida foi ao intervalo com o placar de 0 a 0.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com o Corinthians diferente. Sylvinho colocou Du Queiroz na vaga de Fagner, que sentiu um incômodo no pescoço no intervalo. Mesmo assim, o Corinthians seguiu em cima do adversário.

Com quatro minutos de segundo tempo, Giuliano cobrou falta e Gustavo Mosquito cabeceou pelo lado direito do goleiro Fernando Miguel. Minutos mais tarde, Du Queiroz subiu e finalizou na área, mas a bola foi desviada para escanteio.

A pressão inicial do Corinthians deu certo. Com 14 minutos de segundo tempo, Gabriel Pereira fez jogada individual, cortou dois zagueiros do Atlético Goianiense e chutou forte para abrir o placar.

Após o gol, o Atlético Goianiense quase empatou. Raul Gustavo errou feio na saída de bola e João Victor salvou em cima da linha. O time mandante passou a buscar mais o campo de ataque e, assim, incomodou mais a defesa do Corinthians. Cássio fez a sua primeira defesa em cobrança de falta aos 25 minutos do segundo tempo.

Com 26 minutos, Roni sentiu lesão no joelho e saiu chorando de campo. O camisa 29 deu lugar a Vitinho.

O Atlético Goianiense seguiu em cima do Corinthians. O time de Sylvinho abaixou as linhas e permitiu os donos da casa a atacar mais. Por conta disso, o treinador do Corinthians promoveu duas trocas: Xavier e Marquinhos entraram nas vagas de Gabriel Pereira e Gustavo Mosquito.

A partida, então, passou a ficar muito disputada. Com o Atlético buscando o gol, o Corinthians começou a usar do contra-ataque como principal arma ofensiva. E o empate saiu.

Após falta boba cometida por Marquinhos, Zé Roberto apareceu sozinho na entrada da área e marcou o gol de empate já com 43 minutos de partida. O lance foi revisado pelo VAR, que viu participação de Montenegro, impedido, no lance, mas o juiz deu o gol. Antes da partida acabar, Cássio fez milagre para evitar a virada dos mandantes.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x