Corinthians é acionado na Justiça por ex-atacante da base; valor pedido é de apenas R$ 3,6 mil

37 mil visualizações 196 comentários

William, ex-atacante da base, ficou sob contrato com o Corinthians entre abril de 2017 e setembro de 2019

William, ex-atacante da base, ficou sob contrato com o Corinthians entre abril de 2017 e setembro de 2019

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians foi acionado na Justiça mais uma vez. O interessado é William, ex-atacante da base que ficou sob contrato entre abril de 2017 e setembro de 2019, sendo emprestado à Ponte Preta nos últimos três meses de vínculo. O salário do jogador durante sua passagem pelo Parque São Jorge era R$ 4 mil.

O portal Meu Timão teve acesso ao processo, na qual o advogado de William pede a quitação da dívida relacionada ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a partir de novembro de 2018, além de reflexos. O valor inicial da causa é de apenas R$ 3.666,02.

A Justiça já determinou o local e a data da primeira audiência entre as partes. A mesma ocorrerá no dia 10 de novembro, no Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Justiça do Trabalho do Maranhão (CEJUSC-JTMA), na cidade de São Luis, terra natal do atacante.

Trajetória de William

William Pinheiro Fernandes, mais conhecido como William, chegou no Timão em 2017, após passagem pelo Araçatuba. Natural de São Luís, no Maranhão, o jovem foi vice-artilheiro da equipe no Campeonato Paulista, com seis gols - ficou atrás de Carlinhos, com nove.

Foi selecionado pelo técnico Dyego Coelho para a disputa da Copa São Paulo de 2018. Na estreia do Timãozinho no torneio, diante do Corumbaense-MS, inclusive, marcou gol em seu primeiro toque na bola, quando deixou o banco de reservas na etapa complementar para substituir Nathan Palafoz. Em 2019, passou pelo elenco Sub-23 do Timão e, na sequência, emprestado para a Ponte Preta.

William, atualmente com 22 anos, ficou livre a partir de setembro de 2019 e acertou com o Tuna Luso, do Pará. Na sequência, atuou pelo Tapajós, do mesmo estado. Este ano, uma passagem pelo Moto Club, da sua cidade natal, e seu último (e atual) clube: Mogi Mirim, do interior de São Paulo.

Veja mais em: Processos do Corinthians, Diretoria do Corinthians e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gabriel Pereira pode deixar o Corinthians sem custos

    Interesse do Benfica trava renovação de Gabriel Pereira com o Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians foi condenado pela Justiça do Trabalho a indenizar o meia Guilherme que, entre janeiro de 2016 e dezembro de 2019, ficou sob contrato com o clube.

    Corinthians é condenado pela Justiça do Trabalho a indenizar o meia Guilherme; valor é milionário

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o XV Jaú nesta quinta

    Corinthians visita o XV Jaú para manter campanha perfeita no Paulista Sub-20; saiba tudo

    ver detalhes
  • Corinthians teve mais uma tarde de treino de olho no jogo contra a Chapecoense

    Corinthians trabalha posse de bola e marcação pressão em mais um treino de olho na Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians segue na sétima colocação do Campeonato Brasileiro

    Corinthians mantém sétima colocação após Fluminense perder jogo atrasado; veja tabela completa

    ver detalhes
  • O Corinthians estreia no NBB nesta quinta-feira, contra o Pato Basquete, às 19h30, fora de casa

    Guia Meu Timão: tudo sobre a busca do Corinthians por um título inédito no NBB

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x