Corinthians registra novo superávit com redução de gastos significativa em balancete até agosto

49 mil visualizações 232 comentários

Por Meu Timão

Corinthians apresentou balancete dos oito primeiros meses sob o comando de Duilio Monteiro Alves

Corinthians apresentou balancete dos oito primeiros meses sob o comando de Duilio Monteiro Alves

Danilo Fernandes / Meu Timão

O Corinthians divulgou na noite desta sexta-feira os números do balancete dos oito primeiros meses do clube sob a presidência de Duilio Monteiro Alves. O documento voltou a apresentar um superávit financeiro, dessa vez no valor de R$ 1,841 milhão - em junho, o valor foi de R$ 392 mil.

No departamento de futebol, o clube fechou o período com superávit de R$ 18 milhões. O valor em receita aumentou mais de R$ 45 milhões, contando cotas de televisão, patrocínios e premiações. Também está incluído um valor de R$ 13 milhões de receita com direitos federativos.

Alguns destaques das receitas:

  • R$ 18,6 milhões de superávit do departamento de futebol, sendo uma queda de R$ 15,2 milhões entre junho e agosto.
  • R$ 174,8 milhões de receita em direitos de transmissão, sendo um aumento de R$ 29,4 milhões entre junho e agosto.
  • R$ 69,2 milhões em receitas em patrocínios, aumento de R$ 22,4 milhões entre junho e agosto.
  • R$ 13,8 milhões em receitas com repasses de direito federativos, sendo uma queda em R$ 1,1 milhão entre junho e agosto

Na parte das despesas, dois destaques:

  1. o custo com aquisições de atletas em 2021. Até o momento, o balancete não contabiliza qualquer gastos com isso no departamento de futebol. Em 2020, o Corinthians gastou pouco mais de R$ 63 milhões nesse mesmo setor;
  2. o custo de despesas gerais e administrativas. Nos oito meses deste ano, o clube gastou R$ 9,689 milhões. No ano passado, o gasto total foi de R$ 78,519 milhões. O balancete não discrimina exatamente o que engloba esses custos.

Importante destacar que os números não registram ainda todos os salários com os quatro 'grandes' reforços do Corinthians. Giuliano e Renato Augusto, contratados em julho, já fazem parte da folha salarial até o fim de agosto. Róger Guedes e Willian foram anunciados somente no final de agosto.

E, novamente, como tem sido há algum tempo, o clube social foi responsável por diminuir os valores positivos no período. A área fechou com déficit de R$ 16 milhões. Mesmo assim, é importante ressaltar um queda grande nos gastos: em junho, o balancete apontava R$ 33 milhões de déficit no mesmo setor.

O crescimento se deu, principalmente, nas receitas: um aumento de mais de R$ 15 milhões com contribuições de sócios e licenciamento e franquias.

Em tempo: o Corinthians fechou 2020 com um déficit de R$ 123 milhões.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Duílio Monteiro Alves e Dívida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Willian participou normalmente das atividades do Corinthians neste sábado

    Corinthians encerra preparação para o duelo contra Athletico-PR; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Roni retorna de suspensão para reforçar o Corinthians contra o Athletico-PR

    Corinthians divulga relacionados para a partida contra o Athletico-PR com retorno de volante

    ver detalhes
  • Guilherme Biro deu duas assistências e ajudou o Corinthians a se classificar em primeiro lugar para as quartas

    Corinthians vence a Ponte Preta e se classifica em primeiro lugar para as quartas do Paulista Sub-17

    ver detalhes
  • Adson no chão e Thiago Heleno, que causou as dores no meia-atacante, ao seu lado; jogo na Arena da Baixada foi no fim de agosto

    Sem muitas chances no Corinthians, Adson reencontra Thiago Heleno após lance que machucou seu joelho

    ver detalhes
  • Morte de Sócrates completa 10 anos em dezembro de 2021

    Corinthians planeja lançamento de camisa em homenagem a Sócrates

    ver detalhes
  • Cris Gambaré e Arthur Elias falaram sobre o planejamento do Corinthians para o de 2022

    Diretora não descarta Marta e Andressa Alves no Corinthians em 2022: 'Nada é impossível'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x