Arthur Elias comenta trabalho da base feminina do Corinthians e o futuro da modalidade

1.2 mil visualizações 12 comentários

Por Meu Timão

Base do Corinthians está na disputa do Campeonato Paulista Feminino Sub-17

Base do Corinthians está na disputa do Campeonato Paulista Feminino Sub-17

Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Arthur Elias, técnico da equipe feminina do Corinthians, falou sobre o trabalho de base da modalidade no Brasil. O comandante aproveitou o gancho para comentar sobre a possibilidade do surgimento de uma "nova Formiga", na semana em que a meio-campista se aposentou da Seleção Brasileira.

"Eu não acredito que vamos conseguir ter mais uma Formiga. Atletas com essa história, tanto ela como Marta, Cris, Erika... pra citar algumas que estão jogando, fora as que já pararam de jogar, contribuíram tanto e que eu acompanhei e admiro demais. Eu acredito que o trabalho da base nem deve ser pra isso, porque a base tem que se pensar num futebol jogado daqui alguns anos e ele tem mudado. Dificilmente no futebol atual a gente vai conseguir ter essas jogadoras com esse potencial, entrega, representatividade que tem a Formiga. Precisamos trabalhar na base pra fazer jogadoras competitivas, que vão se destacar e serem entre as melhores do mundo, porque o futebol brasileiro tem essa capacidade, e eu vejo que isso está acontecendo, mas de forma recente", avaliou o treinador, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Arthur também ressaltou o bom desempenho das jovens atletas do Timão na atual temporada. No Sub-16, o clube conquistou o título do Campeonato Brasileiro pela primeira vez e, no Sub-18, ficou com o vice da competição nacional. No Sub-17, as Brabinhas seguem na disputa do mata-mata do Paulista.

"Precisamos ter um pouco mais de calma pra colher esses resultados, tanto internamente no clube, que é um trabalho que eu não tenho muita interferência, mas obviamente acompanho bem e vejo que temos uma equipe aguerrida, que representa muito bem o clube, essa camisa, elas têm feito uma temporada fantástica, não só o título do Sub-16, como chegaram na final do Sub-18 com quase o mesmo time. Isso nos dá otimismo pelo que é feito aqui e no Brasil todo, temos campeonatos, faltava isso e o desenvolvimento precisa disso, investimento e condições para elas terem esse processo de formação. Isso precisa estar nos grandes clubes e vai fazer com que o futebol feminino tenha um nível de jogo melhor e os clubes possam futuramente ter receitas, porque o mercado de atletas está crescendo, sempre vamos ter material humano muito bom para trabalhar, o Brasil tem grandes jogadoras, então vejo esses aspecto e fico feliz de acompanhar o que tem acontecido com o futebol feminino atualmente", completou Arthur.

Veja mais em: Corinthians Feminino e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Diego Costa está na mira do Corinthians

    Dirigente do Corinthians admite 'espera' por Diego Costa e descarta Arthur Cabral

    ver detalhes
  • Mylena é o novo nome para o ataque do Corinthians

    Mercado da bola do Corinthians: nova atacante, técnico demitido e lateral anunciado

    ver detalhes
  • Bruno Melo é o novo reforço do Corinthians

    Corinthians anuncia a contratação de Bruno Melo

    ver detalhes
  • Corinthians segue com pré-temporada forte

    Corinthians inicia segunda semana de pré-temporada com trabalhos em campo reduzido

    ver detalhes
  • Revelado pela base do Corinthians, Miullen rescindiu com o Gil Vicente, de Portugal, após descaso

    Cria da base do Corinthians relata descaso e rescinde contrato com clube europeu após lesão

    ver detalhes
  • Reifit anotou um belo gol nesta segunda-fera

    Meia emprestado pelo Corinthians marca golaço e classifica o Oeste na Copinha; veja o lance

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x