CBF comunica criação de janela nacional de transferências para 2022; saiba detalhes

1.9 mil visualizações 13 comentários

Por Meu Timão

Janelas nacionais seguirão regras e exceções do período de transferências internaiconais

Janelas nacionais seguirão regras e exceções do período de transferências internaiconais

Buda Mendes/Getty Images

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou aos clubes um comunicado sobre a criação de uma janela nacional de transferências para o ano de 2022. O ofício atende a uma exigência da Fifa - veja detalhes abaixo.

A princípio, a regra se aplica aos clubes da Série A e B. Existe uma previsão para que ela seja estendida aos outros a partir de 2023. Dessa forma, serão dois períodos, que seguirão a janela internacional e respeitarão as mesmas regras. No primeiro semestre, os registros de novos atletas acontecerão de 19 de janeiro a 12 de abril. No segundo, de 18 de julho a 15 de agosto.

Nenhuma transferência nacional poderá ser realizada fora desses períodos. A adaptação foi feita graças a mudança do regulamento da Fifa, já que até então, os clubes tinham liberdade de fazer registros em qualquer momento, a depender do prazo de inscrição dos campeonatos. Assim como nas transações internacionais, podem fugir do tempo das janelas os jogadores sem contrato ou com vínculo rescindido antes do fim das mesmas.

Em relação aos jogadores emprestados, também só poderão voltar aos clubes de origem no período específico das janelas. No caso dos atletas da base, poderão assinar contratos profissionais a qualquer momento no próprio clube - no caso de partir para outro time, a janela deverá ser respeitada.

O diretor de registro, transferência e licenciamento de clubes da CBF, Reynaldo Buzzoni, explicou sobre a mudança e falou sobre a expectativa de um melhor planejamento dos clubes para a próxima temporada.

"Os períodos de transferência internacional e nacional vão coincidir, sob as mesmas regras e exceções. A Fifa já tinha colocado isso no regulamento, e fizemos o pleito para termos um período de adaptação. Vai ter que ser feita uma melhor gestão dos elencos. A janela fecha após a primeira rodada do Brasileiro (em 2022), e o clube terá que utilizar aquele time por três meses até a abertura do período seguinte, em agosto", disse.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Gil firmou vínculo com o Corinthians até o final de 2023

    Corinthians estende contrato de zagueiro Gil; veja novo vínculo

    ver detalhes
  • Corinthians ainda pode inscrever cinco jogadores na Lista A do Paulista

    Corinthians confirma primeira lista de inscritos no Paulistão; veja quantas vagas restam

    ver detalhes
  • Corinthians empatou em 0 a 0 com a Ferroviária nesta terça-feira pelo Paulistão

    Corinthians pressiona Ferroviária, mas estreia com empate no Paulista 2022

    ver detalhes
  • Renato Augusto foi o melhor em campo contra a Ferroviária

    Renato Augusto e Paulinho brilham em noite de avaliações distintas; Sylvinho recebe a pior nota

    ver detalhes
  • Fagner chegou a marca de 437 jogos pelo Corinthians na última terça-feira

    Fagner iguala marca de Ralf como o 14º jogador que mais atuou pelo Corinthians; atleta comemora

    ver detalhes
  • Paulinho foi um dos principais destaques da torcida do Corinthians nas redes sociais

    Reestreia de Paulinho e avaliações de Sylvinho: Fiel repercute empate do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x