Corinthians Free Fire volta a buscar protagonismo nacional que alcançou em 2019

920 visualizações 11 comentários

Line-up de mobile e emulador apresentada pelo Corinthians para 2022 foi uma das maiores novidades para 2022

Line-up de mobile e emulador apresentada pelo Corinthians para 2022 foi uma das maiores novidades para 2022

Divulgação/Corinthians

Se no futebol o Corinthians tem empolgado os torcedores para a temporada de 2022, a mesma ansiedade pode valer para quem acompanha a equipe de Free Fire do Timão. Após a conquista da Pro League e do Mundial em 2019, a modalidade não teve muitos momentos relevantes e acabou sendo pouco explorada. Porém, para esse ano, diversas mudanças projetam um cenário diferente.

O principal fator para esse apontamento é a mudança administrativa na modalidade. Desde o início de janeiro, tudo relacionado ao Corinthians Free Fire é gerenciado pela Nomad eSports. De lá pra cá, muitos investimentos, incluindo a aquisição de uma nova game house, foram feitos.

A casa, localizada em um condomínio fechado em Cotia, em São Paulo, tem mil metros quadrados e passou por reformas para dar suporte aos jogadores e comissão técnica da equipe. Com salas de treinamentos para o time mobile e emulador, a organização busca fortalecer o desenvolvimento da modalidade.

Além disso, a reformulação na line-up também chamou atenção. Em 2019, com um elenco estrelado por Nobru, Fixa, Pires, LevelUp e Japa, a equipe alvinegra caiu nas graças dos torcedores. Após o desmanche, teve poucos momentos de empolgação e, para 2022, a diretoria manteve Zenac, Razure e Gelo, e trouxe VitinXP, Memgod e Band.

Com o slogan "Um novo começo", a presença da marca Free Fire também deve ser mais forte nas redes sociais nessa nova temporada. No dia do anúncio dos novos jogadores, por exemplo, a torcida emplacou a tag SCCP IS BACK nos assuntos mais comentados no Twitter. Assim, um dos passos para "reconquistar" a empolgação da torcida é deixar o nome do Corinthians cada vez mais em alta.

Se o time vai funcionar dentro das telas só será possível acompanhar a partir do dia 5 de fevereiro, quando a Liga Brasileira de Free Fire tem início. O Timão integra o Grupo C junto com Los Grandes, META Gaming, Tropa, Magic Squad e LIBERTY. Os jogos acontecem em rodada tripla, aos sábados e domingos às 13h, e às segundas-feiras, às 20h.

Os fortes investimentos permitem a torcida sonhar com o primeiro título da LBFF, que irá para sua sétima edição. Caso a conquista se concretize, o Corinthians ganhará R$105 mil e também uma vaga para a disputa do Mundial, que acontece entre os dias 14 e 21 de maio.

Veja mais em: Corinthians no e-Sports.

Veja Mais:

  • Sandor Romanelli tem em seu currículo passagens por empresas como Disney e Warner Media

    Corinthians cria superintendência comercial e anuncia contratação de novo chefe para a área

    ver detalhes
  • Delegação do Always Ready-BOL viajou ao Brasil com apenas 17 jogadores; outros quatro podem chegar horas antes do duelo com o Corinthians na Neo Química Arena

    Rival do Corinthians nesta quinta prioriza torneio local e deixa titulares na Bolívia

    ver detalhes
  • Corinthians já mira o duelo contra o Always Ready, na quinta-feira

    Corinthians faz trabalhos táticos e conta com seis jogadores da base em reapresentação ao CT

    ver detalhes
  • Ramiro está emprestado ao Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos; clube de Dubai terá de pagar US$ 4 milhões para ficar com o meio-campista

    Corinthians deve ter a volta de seis emprestados em junho, mas apenas três têm chance de ficar no CT

    ver detalhes
  • Vítor Pereira ostenta um bom início de aproveitamento na Neo Química Arena

    Vítor Pereira tem segundo melhor início de um técnico do Corinthians na história da Arena

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o América-MG pelo Brasileirão neste domingo, às 18h, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia venda de ingressos para duelo contra o América-MG na Neo Química Arena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x