Neo Química Arena: Corinthians e Caixa avançam por acordo, mas pedem novo adiamento

36 mil visualizações 171 comentários

Por Tomás Rosolino e Rodrigo Vessoni

Corinthians busca solução para o estádio depois de anos de renegociação com a Caixa

Corinthians busca solução para o estádio depois de anos de renegociação com a Caixa

Danilo Fernandes/ Meu Timão

A Caixa Econômica Federal e a Arena Itaquera S.A., fundo responsável pela administração financeira da Neo Química Arena, apresentaram mais um pedido de adiamento do acordo que está sendo buscado entre as partes. O pedido foi acatado em partes pela juíza federal Ana Lucia Petri, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo. O Meu Timão teve acesso ao despacho.

O pedido de ambos os departamentos jurídicos foi para uma suspensão de mais 60 dias da execução proposta pelo banco estatal. A juíza autorizou a postergação por apenas mais 20.

O objetivo é que as partes busquem consenso e um acordo amigável para quitação da dívida de R$ 536.092.853,27 - o Timão enxerga a dívida no valor de R$ 470 milhões.

"As partes informam que nas últimas semanas, foram registrados avanços substanciais nas negociações estando pendente de deliberação algumas questões negociais e ritos internos de análise e governança de ambas partes", disseram os advogados no pedido.

"Defiro em parte o requerido. Prorrogo a suspensão dos autos, por ora, pelo prazo suplementar de 20 (vinte) dias para tratativa das partes com vistas à composição amigável. Oportunamente, tornem os autos conclusos", avisou a juíza.

O pedido de adiamento deferido pela juíza federal é o 11º feito pelo banco e o fundo de investimento de forma consensual. As solicitações anteriores aconteceram em dezembro de 2019; fevereiro, julho, agosto e novembro de 2020; março, junho, setembro e novembro de 2021, além de fevereiro de 2022. Até agora todas foram atendidas pela Justiça.

Pela primeira vez, no entanto, houve o deferimento do pedido com um prazo menor que o solicitado. Ou seja, ao menos na expectativa do juiz, o avanço pode se dar daqui 20 dias, não mais em dois ou três meses.

Vale lembrar que esse acordo entre Corinthians e Caixa foi assunto ainda antes da eleição presidencial do clube. Por meio do GloboEsporte.com, o torcedor soube de um possível acordo entre clube e banco que, por enquanto, é apenas uma possibilidade. Ainda não há "preto no branco". Como mostrou o portal Meu Timão, em setembro, o Corinthians tenta postergar a primeira parcela para fim de 2023.

O possível acordo, por Duilio Monteiro Alves

Em uma entrevista coletiva no começo do ano, o presidente Duilio Monteiro Alves informou que existe um documento e um pré-acordo que passa por finalizações contratuais. Para assinar, porém, o mandatário do Corinthians evitou dar qualquer tipo de prazo, devido à complexidade da ação. Foi a última vez que ele tratou sobre o caso.

"Existe o acordo verbal. Pessoalmente participei de diversas reuniões do presidente e vice-presidente da Caixa, com o Roberto Gavioli, que é nosso supervisor financeiro e cuida disso. Hoje já existe um documento escrito, um pré-acordo sendo finalizado. É difícil dar prazo, mas o principal, o acordo de como será o formato, ele já está feito. Para que seja assinado, depende de várias situações. Trabalhamos para isso diariamente. A conversa é boa, o acordo está definido, sendo colocado no papel. Mas não depende só do Corinthians para eu dizer que será em um ou três meses. É um valor alto, banco não privado, então são muitas coisas. A realidade é que está encaminhado, mas não está no papel. Mas tranquilizo você e a torcida, o acordo está muito bem encaminhado e esperamos comunicar logo", contou o presidente.

Odebrecht

Vale lembrar que a finalização da dívida com a Odebrecht também precisa ser homologada pela construtora. Como mostrado recorrentemente pelo Meu Timão, as reuniões dos acionistas também têm sido adiadas. Veja aqui.

Veja mais em: Neo Química Arena.

Veja Mais:

  • Corinthians publicou primeiro balancete de 2022

    Corinthians publica primeiro balancete de 2022 e registra superávit de R$7,7 milhões

    ver detalhes
  • Róger Guedes é um dos relacionados do Corinthians para a partida, mas Luan não é opção

    Corinthians divulga relacionados com desfalques para decisão contra o Always Ready; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians está pronto para enfrentar o Always Ready

    Corinthians finaliza preparação para enfrentar o Always Ready; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Fagner será desfalque em duelo decisivo pela Libertadores nesta quinta-feira

    Corinthians não relaciona Fagner contra o Always Ready; veja quando ele pode voltar a jogar

    ver detalhes
  • Torcedor foi identificado e punido pelo Corinthians

    Corinthians suspende torcedor que acendeu sinalizador no Majestoso e o bane da Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Sandor Romanelli tem em seu currículo passagens por empresas como Disney e Warner Media

    Corinthians cria superintendência comercial e anuncia contratação de novo chefe para a área

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x