Procuradoria do STJD pede abertura de inquérito para apurar suposta injúria racial de Rafael Ramos

19 mil visualizações 142 comentários

Por Meu Timão

Procuradoria do STJD pede abertura de inquérito para investigar suposto caso de injúria racial cometido por Rafael Ramos contra Edenilson

Procuradoria do STJD pede abertura de inquérito para investigar suposto caso de injúria racial cometido por Rafael Ramos contra Edenilson

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) solicitou, na noite desta segunda-feira, a abertura de inquérito para investigar o suposto caso de injúria racial cometido por Rafael Ramos. O jogador do Corinthians é acusado por Edenilson, do Internacional, de ter o chamado de "macaco" no último sábado, durante o duelo entre as equipes.

"Ante à possibilidade da oitiva de mais depoimentos, bem como a reunião de novos documentos e mídias que corroborem com o depoimento do atleta Edenilson, em respeito à causa antirracista e à condução isenta dos procedimentos neste STJD, em especial por esta Procuradoria, faz-se necessária a apuração detalhada da prática da referida e repudiável conduta discriminatória", justificou a Procuradoria. O pedido de abertura de inquérito foi encaminhado para o presidente do STJD, Otávio Noronha.

A denúncia de Edenilson foi feita ainda durante a partida entre Corinthians e Internacional, aos 31 minutos do segundo tempo. O jogador se dirigiu ao árbitro e afirmou ter sido chamado de "macaco" por Ramos. O lateral português afirma que houve um equívoco de Edenilson em razão de seu sotaque.

Os jogadores conversaram após a partida, mas Edenilson optou por registrar queixa. Rafael Ramos foi preso em flagrante e pagou uma fiança de R$ 10 mil para deixar o Beira-Rio.

O caso se enquadra no Artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Como pena, o atleta poderia ser suspenso de cinco a dez partidas além de pagar multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

A Procuradoria do STJD solicita que os jogadores envolvidos e a equipe de arbitragem sejam ouvidos pela investigação. Além disso, o órgão também pede que todas as imagens e áudios sejam disponibilizados - isso inclui microfones da arbitragem, veículos de comunicação, do Internacional e do Corinthians.

Caso o pedido de inquérito seja deferido, de acordo com o Art. 82 do CBJD, "o presidente do STJD sorteará o auditor processante" e o mesmo terá "quinze dias para sua conclusão, prorrogável por qualquer período".

Veja mais em: Rafael Ramos, Corinthians x Internacional, Campeonato Brasileiro e STJD.

Veja Mais:

  • Yuri foi a novidade do treino desta quinta-feira

    Corinthians conta com presença de Yuri Alberto e faz treino de olho no Fluminense

    ver detalhes
  • Robson Bambu foi apresentado pelo Corinthians no início de fevereiro e, até agora, atuou nove vezes pela equipe

    Robson Bambu perde espaço no Corinthians e devolução antecipada não está descartada

    ver detalhes
  • Deives marcou duas vezes na vitória do Corinthians contra a AABB

    Corinthians goleia a AABB e se classifica para as semifinais do Campeonato Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Marca Suzuki apareceu em fotos publicadas pelo Corinthians nesta manhã

    Torcida do Corinthians se anima com possível nova parceria do clube após fotos em rede social

    ver detalhes
  • Dra. Ana Carolina Ramos e Côrte e demais médicos do Corinthians vêm tendo trabalho nos jogos e treinos do Corinthians

    Elenco do Corinthians vive explosão de problemas musculares em junho; maio só teve um caso

    ver detalhes
  • Capa da história em quadrinhos feita por Maria Fernanda e Guilherme, de 11 anos

    Róger Guedes ganha história em quadrinhos produzida por crianças de escola estadual em Itaquera

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x