Denúncia de suposto estupro de Robson Bambu é arquivada e caso é encerrado

10 mil visualizações 101 comentários

Por Meu Timão

Robson Bambu está legalmente liberado da acusação de estupro de vulnerável

Robson Bambu está legalmente liberado da acusação de estupro de vulnerável

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A denúncia de suposto estupro contra Robson Bambu, jogador do Corinthians, não corre mais na Justiça. O inquérito foi arquivado pela juíza Paloma Moreira de Assis Carvalho, do Foro Central Criminal da Barra Funda do Tribunal de Justiça de São Paulo, nesta terça-feira e o caso foi encerrado.

A decisão é definitiva e fui publicada na tarde desta quarta-feira, depois de o pedido de arquivamento ter sido homologado pela juíza na terça. O requerimento foi feito ainda no dia anterior, segunda-feira, pelo promotor responsável pelo caso, Marcio Takeshi Nakada, que entendeu não haver "indícios suficientes nem justa causa para a deflagração de ação penal contra os investigados".

"Nos termos da manifestação do representante do Ministério Público, feitas as devidas anotações e comunicações, homologo o pedido de arquivamento destes autos de inquérito policial, sem prejuízo do reexame da matéria, nos termos do disposto no artigo 18 do Código de Processo Penal", escreveu a juíza em trecho do documento publicado.

Robson Bambu e seu amigo, Wellington Sobral, foram acusados de estupro de vulnerável no início do mês de fevereiro por uma jovem de 25 anos. Durante o processo, o Corinthians optou por não afastar o atleta, que inclusive foi titular na partida contra o Boca Juniors, na noite desta terça-feira, na Bombonera.

Bambu chegou ao Corinthians por empréstimo do Nice, da França. O jogador tem contrato válido até o final de 2022.

Relembre o caso

No dia 3 de fevereiro de 2022, após a derrota do Corinthians para o Santos, que gerou a demissão de Sylvinho, Robson Bambu esteve com Pezinho e mais duas mulheres numa casa noturna no bairro do Tatuapé. O zagueiro ainda não tinha sido inscrito no Paulistão e, por esse motivo, não estava com a equipe.

O jogador alega que chegou ao local próximo da 1h da manhã e ficou em uma mesa reservada. Ainda de acordo com Robson Bambu, ele pagou com as contas de seus acompanhantes. Na casa noturna, o atleta afirma que houve consumo de vodka, energético, licor e água, mas nega que ele, seu amigo e as garotas tenham ficado embriagados. Após saírem, todos foram para um hotel.

Robson Bambu diz ter ido para o quarto com a amiga da garota que o acusou por estupro perto das 6h30 da manhã. Já a denunciante ficou em uma outro quarto, com o amigo do zagueiro. Ambos confirmaram terem mantido relações sexuais de maneira consensual. A partir daí, as declarações de ambos são divergentes.

A mulher diz ter acordado com o jogador em cima dela, completamente nu e com as mãos em suas genitais. Já Robson Bambu diz ter ido ao quarto onde a garota estava para conversar com um amigo pois precisava assinar um contrato de locação de imóvel naquele dia. A defesa do jogador e de Pezinho nega qualquer tipo de violência contra a mulher.

Na semana anterior do relatório apresentado pela delegada, o UOL Esporte publicou uma entrevista realizada com a mulher que denunciou Robson Bambu. A jovem deu alguns detalhes do ocorrido e afirmou temer pela impunidade do jogador.

Veja mais em: Robson Bambu.

Veja Mais:

  • Corinthians contará com muitos jovens da base para enfrentar o Fluminense

    Corinthians chega ao Rio de Janeiro com 24 atletas para enfrentar o Fluminense; veja lista completa

    ver detalhes
  • Willian não deve ter condições de enfrentar o Boca Juniors na próxima terça-feira

    Willian recebe boa notícia, mas não deve reforçar o Corinthians contra o Boca Juniors

    ver detalhes
  • Bruno Mazziotti teve passagem pelo Corinthians entre 2009 e 2015

    Corinthians recebe visita de ex-fisioterapeuta do clube e tenta retorno do profissional

    ver detalhes
  • Giovane (atacante), Breno Bidon (volante), Matheus Araújo (meia), Robert Renan (zagueiro) e Xavier (volante) durante treino no CT na tarde de quinta-feira; de costas, Bruno Melo, que também deve ser titular no Rio de Janeiro

    Corinthians deve ter uma equipe de garotos contra o Fluminense no Rio; entenda

    ver detalhes
  • Corinthians soma uma média de 35.149 pagantes por jogo na Neo Química Arena

    Corinthians ultrapassa rival e assume liderança de maiores médias de pagantes em 2022; veja lista

    ver detalhes
  • Duilio e Vítor Pereira no CT Joaquim Grava

    Você aprova a gestão de Duilio Monteiro Alves no Corinthians até agora? Vote nas enquetes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x