Vítor Pereira finaliza polêmica com Guedes e detalha perda de espaço do atacante no Corinthians

51 mil visualizações 249 comentários

Por Luis Fabiani e Rodrigo Vessoni

Vítor Pereira voltou a falar sobre a pouca utilização de Róger Guedes

Vítor Pereira voltou a falar sobre a pouca utilização de Róger Guedes

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

No dia seguinte ao empate em 1 a 1 contra o Always Ready, da Bolívia, pela Libertadores, o técnico Vítor Pereira cedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. Em uma de suas respostas, o treinador abordou sua relação com o atacante Róger Guedes, assunto este que ganhou força nas últimas semanas, após cobrança pública do técnico ao jogador.

Róger Guedes entrou no segundo tempo da partida da última quinta-feira, sem gerar grande efeito na atuação do Corinthians. O camisa 9 substituiu Giuliano no segundo tempo, após fortes gritos da torcida pedindo sua entrada - algo que, segundo Pereira, não interferiu na decisão da comissão técnica.

"Eu não pus em campo pelo pedido da torcida, que fique bem claro, eu nem estava em campo. Vou tentar, hoje, finalizar esse assunto do Róger, porque eu não sou de novela. As pessoas desde criança se habituam a ver novelas, mas a sociedade é assim. A verdade não vende, só querem saber da polêmica, porque vende. Eu, como vivo nesta sociedade, entendo isso", abriu o treinador.

"Para o Róger, ou qualquer jogador, o Duilio me pediu ser exigente. Todos os títulos que ganhei foram na base da exigência, querendo treino, jogo. Isso são coisas que não são negociáveis. Eu fui no treino e não senti que fiz tudo para melhorar, e eu me entrego em tudo de corpo e alma, todo o dia. E minha causa agora é o Corinthians. Minha exigência tem que ser a mesma que tenho com eles", disse.

Os questionamentos à pouca utilização de Róger Guedes nas últimas partidas ganharam força na última semana, quando Vítor Pereira foi sincero ao dizer que não está sentindo confiança no atleta. Cinco dias depois da declaração, o treinador português tratou de destacar a qualidade de Guedes e os diálogos recentes que teve com o jogador.

"Para terem a oportunidade de expressar a qualidade, e a qualidade do Róger não está em dúvida, mas o compromisso, o espírito de entrega, lutar para ser melhor todos os dias, e falar que quer ajudar, já não é com palavras. Já tive uma, duas, três conversas, é como um filho. Não tem ação depois de conversa, a gente espera ação. Se não apresentam diferença em ações, chega altura que não adianta conversa" , avaliou Vítor Pereira.

"Estou convencido com o Róger, às vezes fica a sensação que eu, por estar fazendo o melhor e exigindo o melhor, estou mal com o clube. E isso não posso aceitar. Falam que não tinha necessidade de expor, mas eu sou cobrado. É como se invertessem os papéis, mas eu não falo só dele, é para todos. Se luta, se entrega, mostra, terão oportunidades. Se eu sentir que não estão dando o máximo porque estão contrariados, eu já estive contrariado várias vezes, mas o Róger e todos os jogadores terão meu apoio o tempo todo", disse.

"Nos últimos dias já vi um Róger diferente e espero que para o bem do clube, o meu, da torcida, dos nossos objetivos, que ele se entregue a causa, tenha compromisso. Tem que se respeitar a si mesmo, sermos exigentes conosco, e isso é o mínimo que precisamos fazer com o clube que nos trata como família. Podem falar o que quiserem, mas essa é a verdade. Podem falar como polêmica, mas é isso que eu falei que é a verdade", finalizou.

Veja um compilado de gols de Róger Guedes

Veja mais em: Vítor Pereira e Róger Guedes.

Veja Mais:

  • Corinthians ficou no 0 a 0 com o Boca Juniors nesta terça-feira

    Corinthians desperdiça pênalti e fica no empate com o Boca Juniors pela Libertadores

    ver detalhes
  • Vítor Pereira durante jogo do Corinthians com o Boca Juniors

    Vítor Pereira exalta 'espírito' do Corinthians na partida e lamenta desfalques para escalar o time

    ver detalhes
  • Homem filmado imitando um bigode e estendendo o braço em saudação nazista diz que apenas mandou um beijo para a torcida

    Polícia prende três torcedores do Boca; homem acusado de gesto nazista alega que 'mandou beijo'

    ver detalhes
  • Adson dividiu opiniões da torcida do Corinthians

    Lamentações por novas lesões e Cássio exaltado marcam empate do Corinthians; veja tuítes

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor em campo nesta terça-feira

    Cássio se destaca e é eleito melhor em empate do Corinthians; atacante é o pior

    ver detalhes
  • Willian durante jogo do Corinthians contra o Boca Juniors

    VP elogia atitude de Willian e diz que meia não deve 'voltar rápido' após lesão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x