Corinthians supera o Taubaté e volta a vencer pela Liga Nacional de Futsal

1.8 mil visualizações 16 comentários

Por Meu Timão

Corinthians enfrentou o Taubaté nesta sexta-feira e deixou a quadra vitorioso

Corinthians enfrentou o Taubaté nesta sexta-feira e deixou a quadra vitorioso

Ednei Rovida / Taubaté Umbro Futsal

Taubaté Futsal 2 X 3 Corinthians

Liga Nacional de Futsal 2022
27 de maio de 2022, 19:30
Taubaté Futsal 2 x 3 Corinthians
Ginásio Adib Moysés Dib, São Bernardo do Campo, SP.

O Corinthians visitou o Taubaté nesta sexta-feira, no Ginásio Adib Moisés Dib, em São Bernardo do Campo, pela Liga Nacional de Futsal (LNF). O Timão saiu vitorioso por 3 a 2, com gols de Deives, Tatinho e Henrique.

Os pontos do Corinthians tiveram grande influência do pivô Deives, que participou diretamente dos dois primeiros golaços marcados pela equipe. No primeiro, o camisa 10 serviu Tatinho dentro da pequena área, e no segundo, finalizou com força, no ângulo, sem chances para o goleiro adversário. Além desses lances, Henrique também balançou a rede.

A vitória quebrou a sequência de dois jogos sem vitórias na LNF. Antes do duelo contra o Taubaté, o Timão foi derrotado pelo Magnus, por 6 a 0, e empatou em 0 a 0 com o Cascavel.

Anota aí, Fiel! O próximo jogo do futsal do Corinthians acontece no dia 3 de junho, contra o Praia Grande, pelo Paulista de Futsal. A partida acontece às 20h30, no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge.

Escalação

Sem Allan, Bryan e Bazzinho, indisponíveis por lesão, o técnico Deividy Hadson apostou em um quinteto inicial com Lucas Oliveira, Henrique, Tatinho, Yan e Deives. O Taubaté, por sua vez, começou o jogo com: Nico, Rafa Martins, Lele, Dasaiev e Fabinho.

O jogo

Primeiro tempo

A superioridade técnica do Corinthians se mostrou presente logo no início da partida. Em cobrança de falta, Canabarro rolou para Tatinho finalizar com força, parando em defesa do goleiro. A jogada se repetiu minutos depois, terminando em finalização de Yan.

Tatinho, inclusive, foi a principal válvula de escape do Corinthians nos minutos iniciais. Além de contribuir fortemente na marcação, o camisa 2 do Timão chegou a deixar Deives livre, na cara do gol, sem goleiro. O pivô, porém, pegou mal na bola e chutou para fora, pela lateral do gol.

Mesmo com forte ímpeto na parte do ataque, o Corinthians precisou reforçar os cuidados no setor defensivo. Aos três minutos, Fabinho arrancou desde a defesa em um contra-ataque e saiu cara a cara com Lucas Oliveira. O jogador do Taubaté arriscou uma cavadinha, defendida pelo bem colocado goleiro do Corinthians.

No lance seguinte, outro susto aos jogadores do Corinthians, desta vez com Rafa Martins. O jogador adversário arrancou desde a defesa e conquistou falta na entrada da área, em lance que ainda gerou cartão amarelo para Tatinho. A cobrança, porém, parou na barreira montada por Lucas Oliveira.

Os sustos se tornaram cada vez mais constantes. Canabarro tomou belo passe de Rafa Martins nas costas e precisou contar com boa recuperação para cortar um chute fraco em direção ao gol. O Corinthians passou por um mau momento entre os primeiros dois e sete minutos da primeira etapa.

O Timão quase anotou um golaço na metade do primeiro tempo. Lé acionou Levy em profundidade, que deixou o defensor do Taubaté no chão e quase marcou de pé esquerdo. Minutos depois, na volta do quarteto inicial, Yan deu bela caneta e finalizou com força, parando em bela defesa do goleiro Nico.

A partida foi ganhando cada vez mais contornos de jogo morno. Faltando sete minutos para o fim da primeira metade, porém, Fabinho finalizou com força e estremeceu o travessão do goleiro Lucas Oliveira, que nada poderia fazer. Por pouco que o Corinthians não levou o primeiro.

Em resposta, o time alvinegro passou a jogar com velocidade. Henrique venceu na corrida, levou para o fundo e finalizou de bico. O forte chute, surpreendentemente, parou em defesa de cabeça do goleiro Nico.

O Corinthians abriu o placar nos minutos finais da primeira etapa. Bebê encontrou Deives no fundo. O pivô, cumprindo seu papel, ajeitou de primeira para trás, encontrando Tatinho, que não perdoou com o pé esquerdo, em chute forte, sem chances para o goleiro. Corinthians foi para o intervalo vencendo por 1 a 0.

Segundo tempo

Com o revés parcial por 1 a 0, o Taubaté se lançou ao ataque em busca do gol de empate. Logo de cara, Dasaiev recebeu na ala direita e finalizou com força, parando na trave do goleiro Lucas Oliveira. Assim, mudando o panorama da primeira etapa, o Corinthians recuou a equipe e passou a apostar nos contra golpes.

Fabinho repetiu o erro que o fez perder um gol claro ainda na primeira etapa: lançado em velocidade, o pivô do Taubaté conduziu para o fundo e cavou por cima de Lucas Oliveira. Diferentemente do primeiro tempo, desta vez a finalização do jogador parou no travessão do gol do Corinthians.

Kauê, pivô do Corinthians, que até então estava sumido no jogo, criou o que poderia ser o segundo tento do Timão na partida. Ele venceu na corrida e finalizou de pé direito, por cima do gol.

Os momentos de disputa se desenrolaram da melhor maneira possível para o Corinthians. Deives recebeu na corrida, deu bela finta de corpo e chutou de bico, com muita força de pé esquerdo, no ângulo. Um golaço para aumentar a vantagem do Corinthians para 2 a 0.

Logo após o segundo gol, e com mais tranquilidade na partida, o Corinthians voltou a criar pelo lado esquerdo. Desta vez a jogada foi de Henrique, que chutou de esquerda, parando em boa defesa do goleiro.

A euforia pelo lado corinthiano durou pouco. A sete minutos do apito final, Juninho conduziu desde o campo de defesa e marcou um golaço de pé esquerdo, indefensável para Lucas Oliveira. 2 a 1 em São Bernardo do Campo.

Como não poderia ser diferente, os minutos finais foram de muita tensão para o lado do Corinthians, que buscava se defender a qualquer custo. O Taubaté, por sua vez, se lançou ao ataque.

Aproveitando-se do adversário aberto, e do goleiro linha, Henrique marcou o terceiro do Corinthians e deu o que pareciam ser emoções finais à partida, em 3 a 1. O Taubaté, faltando nove segundos, ainda diminuiu o placar, sem grandes efeitos.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Comente a notícia:

x