Corinthians reforça cobrança de punição ao Boca Juniors por racismo; clube tem respaldo da CBF

10 mil visualizações 108 comentários

Presidente Duilio Monteiro Alves está à frente das cobranças do Corinthians junto à Conmebol; clube tem aval e respaldo da CBF na busca por punição ao Boca Juniors

Presidente Duilio Monteiro Alves está à frente das cobranças do Corinthians junto à Conmebol; clube tem aval e respaldo da CBF na busca por punição ao Boca Juniors

Victor Gomes / Meu Timão

O Corinthians segue a busca por punição ao Boca Juniors por atos de racismo de alguns de seus torcedores no duelo entre os clubes no último dia 17 de maio, na Bombonera. Nas próximas duas terças-feiras (dias 28 de junho e 5 de julho) as equipes se enfrentam pelas oitavas de final da Libertadores.

A diretoria do Timão cobra a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para que coloque em prática as mudanças promovidas pela própria entidade no regulamento do torneio, que prevê multa de até US$ 100 mil (cerca de R$ 500 mil) e portão fechado do estádio (parcial ou totalmente).

A reportagem do Meu Timão apurou que já foram enviados pelo Corinthians dois ofícios à Conmebol. Os documentos foram enviados pelo clube à Federação Paulista de Futebol e à CBF que, por sua vez, repassaram à Confederação Sul-Americana. Essa "ponte burocrática" é obrigatória entre os clubes brasileiros e a entidade que tem sede no Paraguai.

Os dirigentes do Corinthians pediram à Conmebol que o julgamento do Boca Juniors pelos atos de racismo dos seus torcedores aconteça antes do duelo de volta entre as equipes, marcado para o dia 5 de julho, na Bombonera.

Vale lembrar que o mesmo Boca Juniors havia sido punido por ato de racismo de um dos seus torcedores na Neo Química Arena. Na ocasião, o clube argentino pagou uma multa de US$ 30 mil (cerca de R$ 150 mil), como mandava o antigo (e mais brando) regulamento.

Em tempo: como mostrado pelo Meu Timão nesta sexta-feira, o Corinthians foi informado pela Conmebol que Victor Cantillo foi suspenso por dois jogos pela expulsão contra o Boca na fase de grupos e, após cumprir a automática (diante do Always Ready, em casa), o colombiano desfalca a equipe na ida contra os argentinos, terça-feira, dia 28, na Neo Química Arena.

Veja mais em: Libertadores da América, Diretoria do Corinthians e Duílio Monteiro Alves.

Veja Mais:

  • Corinthians está pronto para enfrentar o Atlético-GO

    Corinthians finaliza preparação para enfrentar o Atlético-GO; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Mateus Vital será o dono da camisa 21 em sua volta ao Corinthians

    Mateus Vital é reintegrado ao elenco do Corinthians e pode ser novidade contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves (então diretor de futebol), Richard e Jorge Kalil (então diretor adjunto) durante apresentação oficial, no início de 2019

    Corinthians e América-MG fazem acordo na Justiça por dívida milionária; pivô é atleta do Tottenham

    ver detalhes
  • Rafael segue em busca de conseguir um reembolso por seus ingressos comprados em 2020

    Torcedor aciona Procon contra o Corinthians por problemas com ingressos de antes da pandemia

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino retorna à Neo Química Arena neste domingo para disputar uma vaga na semifinal do Brasileirão

    Corinthians abre venda de ingressos para decisão no Brasileirão Feminino na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Guilherme Biro marcou um dos gols da vitória do Corinthians

    Corinthians controla o América-MG e larga na frente nas quartas de final do Brasileirão Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x