Fagner jogou menos de 20% dos minutos desde implantação do rodízio no Corinthians

1.1 mil visualizações 16 comentários

Fagner foi titular contra o Boca Juniors, mas sau de campo no intervalo

Fagner foi titular contra o Boca Juniors, mas sau de campo no intervalo

Nelson Almeida/AFP via Getty Images

O lateral-direito Fagner esteve presente em apenas 19% dos minutos disputados pelo Corinthians após a queda do clube no Campeonato Paulista, quando se iniciou o rodízio promovido por Vítor Pereira. Atormentado por duas lesões, uma na coxa esquerda e outra na perna direita, o defensor tem experimentado uma ausência incomum nas partidas da equipe.

Começado na estreia do Corinthians na Libertadores da América, contra o Always Ready, o rodízio já compreendeu 24 partidas desde então. Foram 14 pelo Brasileiro, sete pela própria Libertadores e outras pela Copa do Brasil.

Fagner, que estreou no Brasileiro apenas 12 dias atrás, contra o Goiás, esteve presente em oito dessas partidas no período. O número de jogos, 1/3 do total, já não é dos melhores para um atleta que se acostumou a desfalcar tão pouco o clube desde 2014. O parâmetro fica ainda pior, porém, quando se vê os minutos disputados.

Desde a eliminação no Paulista, Fagner só completou três partidas pelo Corinthians: vitórias sobre Deportivo Cali e Boca, na Libertadores, e goleada sobre o Santos, pela Copa do Brasil. Somam-se a esses os minutos de parte dos jogos contra Portuguesa-RJ e Deportivo Cali, fora, Goiás, Santos, no Brasileiro, e Boca, nas oitavas, em casa.

São 416 minutos regulamentes com a presença do camisa 23 dentre os 2160 minutos disputados pelos corinthianos no período. O número corresponde a 19% de todo o tempo de jogo possível para Fagner.

Para se ter uma ideia, Fábio Santos, quatro anos mais velho e constantemente poupado, atuou em 1.025 minutos no período, 47% do possível.

Dos nomes mais sentidos quando ausente na escalação inicial, Fagner vem batalhando para ficar bem após sofrer um grave entorse na partida contra o Cali, na Colômbia. Caso ele não consiga atuar contra o Boca, na terça-feira, Vítor Pereira tem como opções Bruno Méndez, Rafael Ramos e Mantuan para atuar ali.

Antes da decisão, no entanto, o clube entra em campo para encarar o Fluminense, no sábado, no estádio do Maracanã. Para o embate, o mais provável é o Corinthians contar com uma equipe totalmente reserva.

Veja mais em: Fagner, Libertadores da América e Retrospecto do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jogadores durante treino desta segunda-feira

    Corinthians treina no CT Joaquim Grava de olho na preparação para duelo decisivo na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Léo Mana foi convocado por Vítor Pereira ao time profisisonal

    Léo Mana é chamado ao profissional e desfalca o Corinthians em decisão no Sub-20

    ver detalhes
  • Guilherme Biro marcou um dos gols da vitória do Corinthians

    Corinthians controla o América-MG e larga na frente nas quartas de final do Brasileirão Sub-20

    ver detalhes
  • Elenco feminino do Corinthians teve baixas por lesão após o primeiro jogo das quartas de final do Brasileiro contra o Real Brasília

    Corinthians pede parecer à CBF sobre arbitragem e reforça importância do VAR no futebol feminino

    ver detalhes
  • Presidente Duílio Monteiro Alves assumiu a presidência do Corinthians em janeiro de 2021

    Atual gestão do Corinthians tem apenas 28,7% de aproveitamento em clássicos; relembre jogo a jogo

    ver detalhes
  • Mateus Vital tem treinado no CT Joaquim Grava mas ainda não foi relacionado para jogos do Corinthians

    Negociação esfria entre Corinthians e clube espanhol por Mateus Vital

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x