Corinthians campeão da Libertadores em fotos inesquecíveis; reveja imagens marcantes do título

4.2 mil visualizações 43 comentários

Por Meu Timão

Alessandro levanta o troféu da Libertadores

Alessandro levanta o troféu da Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Nesta segunda-feira, o Corinthians comemora uma década da conquista da Libertadores. No dia 4 de julho de 2012, o Timão vencia o Boca Juniors por 2 a 0, no Pacaembu, e garantia o primeiro título alvinegro da competição continental. Relembrar esse dia nunca é demais para a Fiel. Nada melhor do que rever famosas fotos da conquista, e algumas de bastidores que com certeza você não lembrava.

Ralf heróico

Ralf comemora gol de empate na estreia do Timão na Libertadores 2012

Ralf comemora gol de empate na estreia do Timão na Libertadores 2012

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Com certeza uma das fotos mais icônicas da campanha do título da Libertadores de 2012. Logo na estreia, o clube alvinegro encarou o Deportivo Táchira, na Venezuela. O Corinthians saiu atrás do placar e sofreu até o fim do jogo buscando o empate. O gol do Timão foi de Ralf. Após cobrança de falta na área, o volante corinthiano cabeceou e deixou tudo igual no placar.

Show na primeira fase

Danilo comemora gol do Timão em duelo pela prima fase da Libertadores

Jorge Henrique comemora gol do Timão em duelo pela primeira fase da Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Corinthians encarou o Cruz Azul no México. Na ocasião, o alvinegro empatou por 0 a 0

Corinthians encarou o Cruz Azul no México. Na ocasião, o alvinegro empatou por 0 a 0

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Também teve goleada corinthiana. O clube alvinegro venceu o Deportivo Táchura por 6 a 0 em joho histórico no Pacaembu

Também teve goleada corinthiana. O clube alvinegro venceu o Deportivo Táchura por 6 a 0 em joho histórico no Pacaembu

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Corinthians venceu o Nacional-PAR fora de casa por 3 a 1

Corinthians venceu o Nacional-PAR fora de casa por 3 a 1

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O Corinthians teve uma primeira fase de Libertadores irretocável em 2012. Em um grupo com Deportivo Táchira, da Venezuela, Cruz Azul do México e Nacional, do Paraguai, o Timão não foi derrotado nenhuma vez, venceu todos os adversários jogando no Pacaembu e se classificou em primeiro lugar.

Xô, fantasma das oitavas

Paulinho deixou o dele no duelo contra o Emelec

Paulinho deixou o dele no duelo contra o Emelec

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Cássio em ação contra o Emelec. Jogador pegou a vaga para não sair mais

Cássio em ação contra o Emelec. Jogador pegou a vaga para não sair mais

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Parece história repetida, mas em 2012, o Timão também vivia uma seca nas oitavas de final da Libertadores. Se atualmente, o clube alvinegro está sem vencer uma decisão mata-mata na competição desde 2012, há dez anos, também havia um tabu. Na ocasião, o Corinthians não passava de fase desde 2000.

O adversário do fim do tabu foi o Emelec. O Corinthians empatou a primeira partida no Equador por 0 a 0, em jogo que o Timão saiu irritado com a arbitragem. Mas foi nesse dia que Cássio garantiu sua caga na equipe titular. O ídolo corinthiano foi escalado por Tite no lugar de Julio César, que havia falhado em derrota por 3 a 2 contra a Ponte Preta. Bom, o resto é história.

Na partida de volta, no Pacaembu, o Corinthians se impôs e venceu o Emelec por 3 a 0. Alex, Paulinho e Fábio Santos fizeram os gols do Timão.

PQPaulinho

Paulinho cabeceou no andar de cima e garantiu a classificação corinthiana contra o Vasco

Paulinho cabeceou no andar de cima e garantiu a classificação corinthiana contra o Vasco

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Jogador corinthiano foi o herói da classificação para a semifinal

Jogador corinthiano foi o herói da classificação para a semifinal

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Sheik sujo de lama em duelo contra o Vasco em São Januário

Sheik sujo de lama em duelo contra o Vasco em São Januário

Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Nas quartas de final, uma batalha contra o Vasco. Não é exagero tratar aquele duelo como um dos desafios mais complicados na campanha do título corinthiano. Em duas partidas difíceis, o Timão garantiu a vaga com tons de dramaticidiade.

Na partida de ida, em São Januário, no Rio de Janeiro, o Corinthians empatou 0 a 0 com o Vasco. Mas se engana quem pensa que foi uma partida sem emoção. O juiz anulou um gol do time carioca feito por Alecsandro, que estava impedido. A partida foi muito pegada e rendeu esse registro histórico de Sheik sujo de lama.

No jogo de volta, todos lembram o que aconteceu. Cássio salvou um chute de Diego Souza, Tite viu o jogo da arquibancada e Paulinho fez o gol da classificação corinthiana aos 43 minutos do segundo tempo e fez o Pacaembu explodir.

Neymar? Na Vila quem brilhou foi o Sheik

Nem Sheik parecia acreditar. Emerson marcou um golaço na Vila Belmiro e comemorou assim

Nem Sheik parecia acreditar. Emerson marcou um golaço na Vila Belmiro e comemorou assim

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Neymar teve pouco brilho no duelo contra o Corinthians

Neymar teve pouco brilho no duelo contra o Corinthians

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Danilo fez o gol que garantiu o Corinthians na final da Libertadores

Danilo fez o gol que garantiu o Corinthians na final da Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Na semifinal, um super clássico: Corinthians e Santos. Na época, o rival alvinegro era o atual campeão da Libertadores e tinha em seu elenco os badalos jovens da Seleção Brasileira: Neymar e Ganso.

Entretanto, no primeiro jogo, na Vila Belmiro, Sheik fez bonito. O atacante corinthiano marcou um golaço com um chute de fora da área e garantiu a vitória do Corinthians por 1 a 0. No segundo tempo o atleta ainda seria expulso.

No jogo de volta, o Santos assustou. Neymar fez 1 a 0 no primeiro tempo. O Timão voltou para o segundo tempo focado em empatar. Aos oito minutos da segunda etapa, Danilo marcou e garantiu a vaga na final da Libertadores.

Campeão da América!

Sheik marcou duas vezes no Pacaembu e garantiu o título corinthiano

Sheik marcou duas vezes no Pacaembu e garantiu o título corinthiano

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Jorge Henrique em dividida com o Caruzzo na garnde final

Jorge Henrique em dividida com o Caruzzo na garnde final

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Cássio cobra tiro de meta no primeiro jogo da final da Libertadores, na Bombonera. Ao fundo, o mar de torcedores argentinos

Cássio cobra tiro de meta no primeiro jogo da final da Libertadores, na Bombonera. Ao fundo, o mar de torcedores argentinos

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Romarinho em seu primeiro toque na bola em um jogo na Libertadores. O resultado você conhece

Romarinho em seu primeiro toque na bola em um jogo na Libertadores. O resultado você conhece

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O título da Libertadores veio em grande estilo. O Corinthians venceu o Boca Juniors na final e garantiu o troféu. No jogo de ida, O Timão perdia por 1 a 0 até o final, quando Romarinho entrou e fez um golaço.

No jogo de volta, Sheik entrou para a história. O atacante marcou duas vezes na vitória do Corinthians por 2 a 0. Com o resultado, o clube alvinegro garantiu a conquista da competição continental e fez o Pacaembu explodir.

Enfim com a taça!

Jogadores fazem festa com o troféu da Libertadores

Jogadores fazem festa com o troféu da Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Alessandro com a sonhada taça nas mãos

Alessandro com a sonhada taça nas mãos

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O Corinthians levantou o troféu da Libertadores no dia 4 de julho de 2012. Em um Pacaembu lotado, a Fiel explodiu após a vitória por 2 a 0 contra o Boca Juniors. Alessandro foi o responsável por levantar a taça.

A Fiel

Torcida se maniesta no Pacaembu: para o Doutor

Torcida se manifesta no Pacaembu: "para o Doutor"

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Festa antes de duelo contra o Boca Juniors

Festa antes de duelo contra o Boca Juniors

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Mosaico da Fiel na véspera do duelo contra o Santos.

Mosaico da Fiel na véspera do duelo contra o Santos.

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

No jogo contra o Vasco, o Corinthians fez belo mosaico antes do duelo

No jogo contra o Vasco, o Corinthians fez belo mosaico antes do duelo

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Festa da Fiel nas arquibancadas do Pacaembu

Festa da Fiel nas arquibancadas do Pacaembu

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Não foi só a equipe alvinegra que fez bonito na campanha da Libertadores. A Fiel lotou o Pacaembu em todas as partidas e celebrou muito a conquista da competição continental. "Vai, Corinthians!" se tornou um mantra, e usado até por pessoas que não torcem pelo Timão. Nas vésperas das partidas, destque para os mosaicos.

Os bastidores do título

Jogadores celebram com o troféu da Libertadores

Jogadores celebram com o troféu da Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Atletas e Mário Gobbi, presidente do Corinthians na época, posam ao lado do troféu

Atletas e Mário Gobbi, presidente do Corinthians na época, posam ao lado do troféu

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Momento de fé: Chicão reza no vestiário da Bombonera

Momento de fé: Chicão reza no vestiário da Bombonera

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Jogadores em momento de descontração no vestiário da Bombonera

Jogadores corinthianos no vestiário da Bombonera

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Jogadores em rachão na Vila Belmiro

Jogadores em "rachão" na Vila Belmiro

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Tite em momento de fé antes de duelo pela Libertadores

Tite em momento de fé antes de duelo pela Libertadores

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O título foi conquistado e muitos corinthianos lembram do feito dos atletas dentro dos gramados. Entretanto, há muitos registros que mostram detalhes da preparação para a final. Os momentos de celebração entre os jogadores, a fé antes dos momentos decisivos e a comemoração.

Veja mais em: Libertadores da América, Alessandro, Tite, Emerson Sheik e Títulos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Willian não deve jogar mais pelo Corinthians

    Willian não deve mais jogar pelo Corinthians após eliminação; Inglaterra deve ser o destino do meia

    ver detalhes
  • Duda Mineira iniciará processo de fisioterapia nos próximos dias

    Zagueira da base do Corinthians sofre lesão no joelho e passa por cirurgia; saiba detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians deixou a Libertadores nesta terça-feira; Timão ainda briga pela Copa do Brasil e Brasileiro nesta temporada

    Corinthians volta a perder para o Flamengo e é eliminado da Libertadores 2022

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Paulista Feminino nesta quarta-feira

    Corinthians inicia disputa do Paulista Feminino fora de casa diante do São Bernardo; veja detalhes

    ver detalhes
  • Vítor Pereira durante jogo contra o Flamengo

    Vítor Pereira explica escalação do Corinthians e justifica medalhões no banco de reservas em decisão

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Cássio destoa e é eleito melhor em campo pelo Corinthians; zagueiro é o pior da noite

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x