Post de Rafael no fórum "Bate-Papo da Torcida" do Meu Timão

Apoiador

Acho que nossa grande vantagem é nosso DM, o Renato Augusto é o maior exemplo. Na Alemanha já tinham desacreditado ele para o futebol.

Teve também aquela história daquele zagueiro do Barcelona com nome bem esquisito, que também já tinham abandonado ele para o futebol. Voltou a jogar e nunca mais teve problemas.

A questão toda é: se o Diego Costa jogar 55% aqui e forem os importantes, o Jô vai jogar no máximo 50%.

Com uma preparação adequada e um rodízio correto, dá para o Diego jogar uns 70 % fácil.

em Bate-Papo da Torcida > Já que estão querendo comparar o Jô com o Diego Costa, vou fazer...

Em resposta ao tópico:

Vamos aos fatos!

Diego Costa

- muitos amam, muitos odeiam. Isso é fato.
- passou as férias tomando cerveja.
- terminou o ano lesionado.

- todo mundo odeia, até a dona Cláudia.
- passou as férias tomando cerveja.
- terminou o ano como titular do time.

Isso aí é só fato. Não tem como discutir. Vocês vão entender onde eu quero chegar.

Que o Diego Costa foi um jogador melhor que o Jô é outro fato também. Por mais que o Jô tenha sido um excelente jogador, artilheiro, jogou Copa do Mundo, o Diego tem uma carreira muito boa pelo Atlético de Madrid e o Chelsea, foi um dos melhores centroavantes da Europa por alguns anos.

Agora vamos aos números frios. (entre parênteses, o número de jogos do clube na temporada).

Diego Costa

2016/17: Chelsea - 42 jogos e 22 gols (47)
2017/18: Atlético de Madrid - 23 jogos e 7 gols (59)
2018/19: Atlético de Madrid - 21jogos e 5 gols (51)
2019/20: Atlético de Madrid - 30 jogos e 5 gols (50)
2020/21: Atlético de Madrid - 7 jogos e 2 gols (20)
2021: Atlético Mineiro - 19 jogos e 5 gols (30)

Total: 142 jogos e 46 gols (0,32% de média de gols por jogo)

Os clubes que o Diego jogou disputaram 257 com ele no elenco. Ele esteve disponível em 55% dos jogos.

*ps1: coloquei uma das melhores da carreira do Diego, no Chelsea, pra não dizer que to sendo covarde.
*ps2: o período que ele ficou SEM JOGAR eu não contei como jogo que ele ficou fora, mas não é mérito dele ficar literalmente sem clube por 8 meses, diferente da situação do Roger Guedes e do Renato Augusto, por exemplo.

2017: Corinthians - 61 jogos e 25 gols (68)
2018: Nagoya Grampus - 37 jogos e 24 gols (42)
2019: Nagoya Grampus - 37 jogos e 8 gols (45)
2020: Corinthians - 34 jogos e 8 gols (58)
2021: Corinthians - 52 jogos e 10 gols (62)

Total: 221 jogos e 75 gols (0,33% de média de gols por jogo)

Os clubes que o Jô jogou disputaram 275 com ele no elenco. Ele esteve disponível em 80% dos jogos.

Agora vamos ver quantos jogos os clubes brasileiros que disputaram tudo no ano passado fizeram na temporada.

Atlético Mineiro: 86 JOGOS!
Flamengo: 87 JOGOS!
Palmeiras: 91 JOGOS!

Vocês tem noção da diferença que o calendário brasileiro é, para o que o resto do mundo é? É diferente de tudo que o Diego Costa viveu na vida. E não comparando média de gols, pra mim o Jô ter uma média igual nos últimos cinco anos realmente não quer dizer nada, mas o calendário faz sim diferença. Na Europa se joga um futebol muito mais intenso que no Brasil, mas lá não existem 91 jogos no ano.

E agora eu cheguei onde eu queria chegar: quem vocês acham que tem chance de fazer mais jogos como titular numa possível temporada de 80 jogos que o Corinthians venha a ter em 2022?

Acham que o Diego Costa vai ter condição de fazer mais jogos que o Jô? Independente de qualidade, estou falando de calendário.

E vale ressaltar que O JÔ HOJE É HORRÍVEL, ex-jogador em atividade.

No final, quem pede Diego Costa, está pedindo o Jô como titular a maior parte da temporada. Porque ele vai jogar mais tempo que o Diego Costa, eu não tenho dúvida nenhuma.

Responder ao post do Rafael

Réplicas desse post

Avatar de Alan

Por Alan que tem 929 posts no fórum
em 12/01/2022 às 12:58

Diego só tem 55% de jogos por conta da temporada 16/17, sem ela, cai pra menos de 40%.

Renato Augusto foi recuperado com 25 anos, Diego Costa vai fazer 34, não da pra comparar..

Avatar de Reginaldo Mateus

Por Reginaldo Mateus que tem 151 posts no fórum
em 12/01/2022 às 13:00

Nosso Dm já não é mais o mesmo há anos, Os 2 principais Profissionais que recuperaram o Renato Augusto já não fazem mais parte do nosso DM.

Avatar de Eduardo

Por Eduardo que tem 1165 posts no fórum
em 12/01/2022 às 14:02

O nosso DM não é o de 2010, ou o de 2013, pode ter certeza disso. Posso fazer um tópico comparando os profissionais da época.

O médico a gente ainda tem o melhor, mas os fisioterapeutas e preparadores físicos não.

Não é a toa que quando jogador machuca demora muito pra voltar. Isso quando volta, o Léo Santos tá praticamente aposentado com 20 e poucos anos.

Entendo essa esperança toda, mas pagar mais de 1 milhão por um jogador pra tentar ter a sorte dele não se machucar nos jogos importantes, tipo, pra mim não faz sentido nenhum. Eu acho absurdo isso ainda ser cogitado.

Ano passado ele se lesionou só na semi-final da Libertadores e na final da Copa do Brasil.

Só isso.

Já se lesionou em jogo de Copa do Mundo, em final de Champions League, se tem uma coisa que ele nunca conseguiu jogar na vida foi jogo decisivo.

x