Corinthians vence Cresspom, mantém invencibilidade e segue na cola do líder do Brasileirão Feminino

12 mil visualizações 53 comentários

Corinthians venceu o Cresspom por 3 a 0 na tarde deste domingo pelo Brasileirão Feminino

Corinthians venceu o Cresspom por 3 a 0 na tarde deste domingo pelo Brasileirão Feminino

Patricy Albuquerque/Staff Images Woman/CBF

Cresspom 0 X 3 Corinthians

Brasileiro Feminino 2022
15 de maio de 2022, 15:00
Cresspom 0 x 3 Corinthians
Abadião, Ceilândia, DF.

O Corinthians voltou a entrar em campo pelo Brasileirão Feminino neste domingo. A equipe do Parque São Jorge visitou o Cresspom, em Brasília, pela nona rodada da competição e saiu vitoriosa por 3 a 0.

O Corinthians dominou as principais ações da partida no primeiro tempo, mas teve dificuldades para finalizar na maioria das oportunidades. O primeiro gol alvinegro na partida saiu aos 21 minutos, contra, depois de uma ótima jogada feita por Giovanna Campiolo, Tamires e Juliete. Já o segundo foi marcado por Andressa, no último minuto da etapa inicial.

Sem alterações, o Corinthians voltou melhor na segunda etapa. Não demorou muito para que as Brabas marcassem o terceiro gol no Abadião, em Brasília. Gabi Portilho foi a autora do tento.

A vitória, que também teve estreia de novo patrocínio, manteve o Corinthians a um ponto de distância do líder Palmeiras. A equipe do Parque São Jorge agora tem 21 pontos, contra 22 do rival. O Timão assume momentaneamente a vice-liderança neste domingo e depende de um tropeço do Internacional, nesta segunda-feira, para manter a colocação. As Brabas ainda têm confronto direto com ambas as equipes.

Anota aí, Fiel! - O próximo compromisso do Corinthians é no sábado, dia 28 de maio. A equipe do Parque São Jorge recebe o Avaí/Kindermann na Fazendinha, às 14h.

Escalação

Para o duelo deste domingo à tarde, o técnico Arthur Elias foi a campo com: Paty; Miriã, Andressa, Giovanna Campiolo e Juliete; Diany, Grazi e Lia; Gabi Portilho, Tamires e Jheniffer.

Escalação do Corinthians para o duelo contra o Cresspom no Brasileirão Feminino

Meu Timão

No banco de reservas, as Brabas contaram com os seguintes nomes: Ravena, Tarciane, Paulinha, Mariza, Yasmim, Gabi Zanotti, Jaqueline e Mylena.

O jogo

Primeiro tempo

A partida entre Corinthians e Cresspom já começou especial. Foi o centésimo duelo da lateral-esquerda e meia Tamires no Timão. A atleta, inclusive, entrou em campo com a camisa de número 100.

O duelo começou bem estudado entre as equipes. As Brabas, porém, permaneceram grande parte dos primeiros minutos no campo de ataque. A primeira grande chance do Corinthians foi aos nove minutos da primeira etapa. Lia cobrou um escanteio perigoso em direção ao gol, mas a defesa do time da casa conseguiu afastar a bola.

Aos 14, o Timão seguiu dominando a partida. Diany cobrou um novo escanteio a favor das Brabas no meio da área. A bola chegou na segunda trava e Gabi Portilho empurrou, mas a zagueira adversária salvou o Cresspom em cima da linha.

As Brabas seguiram trocando passes no meio de campo buscando uma oportunidade de avançar contra o Cresspom. O Corinthians criava boas oportunidades e conseguiu chegar ao gol aos 20 minutos.

Giovanna Campiolo acionou Tamires com um ótimo lançamento. A camisa 100 fez um belo domínio e buscou Juliete. A lateral corinthiana dominou pra frente e bateu no gol, mas parou na defesa da goleira. No rebote, porém, a zagueira do Cresspom empurrou contra a própria meta.

Aso 27 minutos, Andressa lançou uma bola na área, mas Gabi Portilho não conseguiu completar. Pouco tempo depois, a arbitragem pausou o duelo em Brasília para que as jogadoras se hidratassem. A capital federal batia 28ºC na hora do jogo.

O Cressspom teve uma ótima oportunidade para tentar empatar a partida aos 33 minutos. Depois de um erro de passe do Timão, a equipe de Brasília avançou com Silvania, que driblou a marcação, mas não teve opção de passe para finalizar. Assim, Paty fechou o ângulo da atleta e impediu o tento adversário.

Aos 39, o Timão chegou a marcar o segundo, mas a arbitragem assinalou impedimento. Juliete tocou para Grazi, que levantou para Lia dentro da área. A meia deixou a bola passar para Portilho finalizar, mas não valeu nada. Vale lembrar que a primeira fase da competição não conta com o auxílio do árbitro de vídeo.

As Brabas ainda tiveram mais um escanteio para cobrar aos 42 minutos da primeira etapa. Jheniffer subiu para cabecear, mas não conseguiu completar e a zaga cortou. Na sobra, Portilho encontrou Diany, mas a volante não conseguiu dominar bem e chutou para fora.

A arbitragem deu quatro minutos de acréscimos, e o Timão chegou ao segundo tento aos 49. Em novo escanteio para as Brabas, Tamires levantou na área e a bola sobrou para Andressa. A zagueira corinthiana empurrou para o fundo da rede e, na sequência, a arbitragem encerrou o primeiro tempo.

Segundo tempo

Para tentar confirmar a vitória diante do Cresspom, o técnico Arthur Elias voltou a campo sem alterações para o segundo tempo.

Logo no primeiro minuto de partida, o Corinthians tentou criar a primeira chance de finalização. Tamires encontrou Jheniffer entrando na área. A camisa 9 devolveu para Lia, que vinha chegando sem marcação. A meia, porém, pegou muito embaixo da bola e mandou por cima do gol.

Mas não demorou muito para as Brabas marcarem o terceiro. Aos três minutos, Diany deu um passe maravilhoso para Gabi Portilho dentro da área. A camisa 18 aproveitou o equívoco da goleira na saída, driblou a arqueira e a marcação não teve tempo de chegar para impedir o gol.

A equipe do Parque São Jorge voltou muito mais atenta no segundo tempo e seguiu tentando aproveitar a queda do Cresspom na segunda etapa. O time de Arthur Elias seguiu buscando novas oportunidades para ampliar o marcador.

Aos 15 minutos, Jheniffer aproveitou o erro de passe do Cresspom e iniciou uma jogada pelo meio. A camisa 9 acionou Gabi Portilho, na direita, e a atacante cruzou na área, mas facilitou a defesa da goleira adversária.

Logo na sequência, Arthur Elias fez as primeiras alterações na equipe do Corinthians. Gabi Zanotti, Mariza e Jaque entraram nos lugares de Lia, Grazi e Gabi Portilho. No primeiro lance, Mariza achou Tamires na esquerda e a camisa 100 invadiu a área para bater forte. A goleira caiu para fazer uma boa defesa.

Aos 23, Jheniffer acionou Jaqueline pelo lado direito do ataque. A camisa 30 devolveu o cruzamento na área e Diany chegou para empurrar, mas pegou embaixo da bola e mandou por cima do gol. A quarta alteração do Corinthians foi feita aos 25 minutos do segundo tempo. Tamires deu lugar à Mylena no duelo.

Aos 32, o Corinthians teve mais uma grande chance após um bom passe de Mariza para Zanotti. A camisa 10 tentou cabecear e viu a bola passar com perigo para a defesa adversária. Dois minutos mais tarde foi a vez de Paty brilhar: o Cresspom subiu com velocidade e ficou cara a cara com a goleira alvinegra, que esperou para definir bem o lance.

As corinthianas seguiram com a marcação alta e dificultando a saída de bola do Cresspom. Aos 41 minutos, Yasmim entrou no lugar de Diany. O Corinthians conseguia criar novas oportunidades, mas passou a administrar o resultado no final do jogo.

A arbitragem deu mais quatro minutos de acréscimos, mas a partida já conhecia seus números finais. Cresspom 0 x 3 Corinthians e invencibilidade mantida no Brasileirão Feminino.

Ficha técnica de Cresspom 0 x 3 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro Feminino
Local: Maria de Lourdes Abadia, Ceilândia, DF
Data: 15 de maio de 2022 (domingo)
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Maguielson Lima Barbosa
Assistentes: Cassia França de Souza e Marconi de Souza Gonçalo
Gols: Andressa, Gabi Portilho e Bruna (gol contra) (Corinthians)
Cartão amarelo: Liana Salazar (Corinthians)
Público: 200 pagantes (público total: 200)
Renda: R$ 1.100,00

CRESSPOM: Quezia; Thamires, Baiana, Bruna, Pati (Isabela), Barbara, Jaqueline (Natalia), Silvania (Kathleen), Moara (Michelle), Jhenefer (Barbara) e Camila.
Técnico: Robson Leal

CORINTHIANS: Paty; Miriã, Andressa, Giovanna Campiolo, Juliete, Diany (Yasmim), Grazi (Mariza), Liana Salazar (Gabi Zanotti), Gabi Portilho (Jaqueline), Tamires (Mylena) e Jheniffer.
Técnico: Arthur Elias

Veja mais em: Corinthians Feminino e Campeonato Brasileiro.

Comente a notícia:

x