Diego Costa não é o centroavante certo para o Corinthians

Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

ver detalhes

Diego Costa não é o centroavante certo para o Corinthians

Coluna da Ana Paula Araújo

Opinião de Ana Paula Araújo

20 mil visualizações 185 comentários Comunicar erro

Diego Costa não é o centroavante certo para o Corinthians

Diego Costa durante partida com a camisa do Atlético-MG

Foto: Wagner Meier/Getty Images

O período em que a bola para de rolar faz com que o movimento se intensifique fora das quatro linhas com as possíveis idas e vindas de atletas e profissionais do futebol. Com o Corinthians não seria diferente.

Para a próxima temporada, o desejo está voltado para aquisição de um camisa 9 e alguns nomes de impacto já foram cogitados: Cavani, Suárez e Diego Costa.

Os dois primeiros são, indiscutivelmente, jogadores que podem oferecer o destaque mundial que a nova patrocinadora deseja, mas o último não vive bom momento há algum tempo.

https://futdados.com/diego-costa-numeros/

Reprodução/Futdados

De acordo com os dados do site Futdados, a média de gols do atleta só caiu com o passar dos anos. Até aí, tudo bem, já que é algo esperado com o avançar da idade. Mas, se somarmos isso às lesões, fica pior. Nos últimos três anos, foram 60 partidas perdidas por conta de problemas físicos.

Reprodução/ Transfermakt

Reprodução/Transfermakt

Aí você pode dizer que Cavani e Suárez também ficaram ausentes por conta de lesões e é verdade. Mas eles estão entre os maiores artilheiros da história, apenas. Cavani fede a gol, inclusive marcou um nesta última segunda-feira (27).

Além disso, a média deles é alta.

São números indiscutíveis para mim.

Diego Costa, perto desses caras, é, com todo respeito, comum.

Eu não acho que o Corinthians deva ou vá contratar Suárez ou Cavani. O que defendo aqui é a não-contratação de Diego Costa.

O Timão tem um centro médico de excelência, é fato. Renato Augusto está aí para provar, mas não acredito numa recuperação do Diego Costa a ponto dele poder atender toda a demanda de jogos que o Corinthians enfrentará em 2022 e ser o centroavante que o time precisa.

Colagrossi, no Twitter, falou algo sobre o que interessa ser o tamanho do Corinthians no jogador, e eu concordo em partes. Porém, para alguns atletas, o Corinthians é grande demais.

Mas o caminho é esse. Corinthians tem que ter responsabilidade fiscal, mas precisa pensar grande. Tão grande quanto o peso dessa camisa.

Veja mais em: Mercado da bola.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna da Ana Paula Araújo

Por Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

O que você achou do post da Ana Paula Araújo?

x