Comentário de Joaquim em "Claudio, Ídolo do Corinthians"

Apesar de já ter escrito sobre o Cláudio quero relatar um episódio que, sem dúvida, foi das primeiras marcas de nossa torcida e de nossa admiração com a figura do "Gerente". Em 1955, durante um jogo contra a Portuguesa, Liminha agrediu a socos o Cláudio, fraturando-lhe o nariz e provocando uma hemorragia que tingiu sua camisa com seu sangue. Liminha foi expulso sendo vaiado por 40.000 corinthianos e logo em seguida terminou o primeiro tempo. No 2º tempo Cláudio voltou com a mesma camisa ensanguentada. Seu ato fez nossa torcida praticamente enlouquecer e a Portuguesa viu-se acuada pelo Timão e pela torcida que não parou de gritar e esbravejar. Cláudio era um gênio e soube aplicar pressão psicológica no momento correto. Cláudio, que falta você faz...

em Idolo > Claudio, Ídolo do Corinthians

Responda o comentário do Joaquim

  • 1000 caracteres restantes
x