Análise: não se pode exigir desse Corinthians nada além do que se viu nesta terça

69 mil visualizações 190 comentários

Corinthians teve ainda a chance de vencer, mas não foi capaz disso

Corinthians teve ainda a chance de vencer, mas não foi capaz disso

Danilo Fernandes/Meu Timão

O Corinthians foi heroico na noite desta terça-feira. Jogou com oito desfalques, perdeu seus dois melhores jogadores durante a partida e terminou o jogo com três zagueiros, três laterais, um volante, um meia e dois atacantes. Ainda assim, teve três chances claríssimas de gol e perdeu um pênalti no 0 a 0 contra o Boca Juniors.

Ignorar todo o contexto ao se falar da partida, que contou com duas grandes defesas de Cássio, é ser desonesto. Um resumo: dos reforços importantes desde o ano passado, foram mais desfalques (Rafael Ramos, Maycon, Paulinho e Renato Augusto) do que presentes (Willian, Giuliano e Róger Guedes).

Coloca-se também no contexto a péssima arbitragem - mais uma - favorecendo o Boca Juniors. Tobar marcou um pênalti óbvio que o VAR apontaria tranquilamente e inverteu pelo menos 12 marcações a favor dos argentinos, de laterais a faltas que não seguiam o mesmo critério. Em uma delas, aliás, Willian machucou seu ombro direito. Em outras, o Boca teve suas melhores chances.

A escalação inicial teve cinco jovens jogando a sua primeira Libertadores da vida, Roni atuando pela primeira vez no profissional como primeiro volante e Fagner sendo praticamente um terceiro zagueiro, ajudando a marcar Villa.

A estratégia deu muito certo. Villa foi anulado por Fagner e Mantuan combinou bem com Adson para atacar pela esquerda. Willian foi o que se esperava dele, correu o campo todo, se tornou o desafogo da equipe e participou das principais jogadas.

As críticas que merecem ser feitas têm alvos óbvios: Róger Guedes, que não jogou bem e ainda perdeu o pênalti, e a falta de definição em lances tão claros quanto os de Giuliano e Adson, ambos de frente para o gol adversário, sem marcação.

Por todo o contexto, sair de campo com um 0 a 0 perdendo um pênalti, ou seja, com clara chance de ganhar, é o máximo que podia se esperar dessa equipe. O resultado não é dos melhores e o time vai sofrer na Bombonera, mas não havia muito mais o que fazer.

Veja mais em: Corinthians x Boca Juniors e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Corinthians está pronto para enfrentar o Atlético-GO

    Corinthians finaliza preparação para enfrentar o Atlético-GO; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Mateus Vital será o dono da camisa 21 em sua volta ao Corinthians

    Mateus Vital é reintegrado ao elenco do Corinthians e pode ser novidade contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves (então diretor de futebol), Richard e Jorge Kalil (então diretor adjunto) durante apresentação oficial, no início de 2019

    Corinthians e América-MG fazem acordo na Justiça por dívida milionária; pivô é atleta do Tottenham

    ver detalhes
  • Rafael segue em busca de conseguir um reembolso por seus ingressos comprados em 2020

    Torcedor aciona Procon contra o Corinthians por problemas com ingressos de antes da pandemia

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino retorna à Neo Química Arena neste domingo para disputar uma vaga na semifinal do Brasileirão

    Corinthians abre venda de ingressos para decisão no Brasileirão Feminino na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Guilherme Biro marcou um dos gols da vitória do Corinthians

    Corinthians controla o América-MG e larga na frente nas quartas de final do Brasileirão Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x