Bruno
Bruno

Bruno Lucena


Torcedor do site número: 675.011

cadastrado desde 25/01/2019

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 26/05/2022

Atividade de Bruno Lucena no Meu Timão

Ranking do Fórum

7.187º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 94 comentários para o Bruno entrar no ranking

Ver Ranking

6 Comentários

83% de aprovação

222 Posts

82% de aprovação

54 Tópicos

160.555 Visualizações

8.920 Views por tópico

Última atividade no site em 26/05/2022 às 17h25

Bruno Lucena avalia 93.81% como positivo

Jogos do Corinthians com Bruno Lucena na torcida do Timão

6 jogos

39% de aproveitamento

4 Gols comemorados

0.67 Por partida

4 Gols não comemorados

0.67 Por partida

1 Vitória

17% saiu
comemorando

4 Empates

67% sem sorrir e
sem chorar

1 Outros

17% Nem venceu e
nem empatou

Posts e comentários do Bruno

Última interação no site em 11/04/2022 às 15h30

  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "A torcida corinthiana e seus craques"

    há 2 meses

    Nos idos de 1974, o maior craque da história do Corinthians, ídolo de Maradona e criador do elástico, saiu pela porta dos fundos no Corinthians porque o time não ganhava títulos. Rivelino foi para o Fluminense e hoje é colocado no panteão dos maiores jogadores que vestiram a camisa do Corinthians e Seleção, mas a torcida achou um bode expiatório naquele momento para o jejum. O Corinthians só seria campeão em 1977 e a saída do ídolo não fez com que o time fosse campeão. Rivelino, ao contrário, fez parte da máquina tricolor, conquistando vários títulos após.

    A mesma forma deprimente de saída aconteceu com o Edílson quando o Corinthians perde o jogo de 2000 para o Palmeiras na Libertadores. Foi também assim com Rincón, e esse foi decretado o fim do maior esquadrão corinthiano que vi, bicampeão brasileiro e campeão mundial, com vários jogadores do time convocados para a copa seguinte, quando o Brasil foi pentacampeão.

    Situação igual em 2006 com a saída de Tevez, o mesmo que alguns torcedores pediram recentemente para se aposentar aqui.

    A fiel, não a gaviões, mas a torcida como um todo tem um time. Nós falamos isso, mas cuidamos muito mal dos nossos ídolos.

    O Cássio não está jogando bem? Não está. Mas se aumentaram o salário e o tempo de contrato dele, isso não é culpa do jogador. Veja o que aconteceu com Casillas no Real Madrid, um dos maiores goleiros da história do time madrilenho e que não teve seu contrato renovado. Quem renova e decide se pode ou não pagar, se é viável e custo efetivo, é a diretoria.

    Não podemos achar normal que ao discordamos da titularidade de Gil, Fábio Santos, Cássio, renovação do Jô, possamos simplesmente fazer a saída deles com violência, agressão e ameaça. Isso não é dessa geração, uma mais recente e que é bombardeada de informações e que se acostumaram a ver um time mais vencedor e exaltada por redes sociais.

    Não podemos achar normal que um grupo de torcedores acreditem que possam falar pelos milhões de torcedores. Já faz um bom tempo que os gaviões da fiel são cada vez mais gaviões e menos fiel.

    Tratar mal os ídolos é algo corriqueiro na história corinthiana e que está na hora de mudar para que não existam mais Rivelinos. Que Cássio não seja mais titular, mas que não saia pela porta dos fundos.

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Análise dos jogos, no tópico "Maycon não vem para jogar no lugar do Du Queiroz"

    há 2 meses

    A despeito das inúmeras críticas que o Du Queiroz sofre, a verdade é que com o Paulinho em baixa e o Renato Augusto já com a idade pesando na parte física, colocar o Maycon na posição de 1 volante seria só queimar mais um jogador na posição.

    Pensando em intensidade e na necessidade de fazer a parte suja, é muito melhor ter 2 jogadores com disposição e deixando o Renato Augusto jogar do que manter o Paulinho.

    Não acho que seria algo para todo o campeonato, mas pelo menos até o Paulinho voltar a melhorar a parte física.

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Em 15 dias, Vítor Pereira viu algo que o Sylvinho não foi capaz de ver em nove meses"

    há 3 meses

    Herança do Sylvinho: GP (já vendido)

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Mercado da bola, no tópico "Quem é Vitor Pereira? Conheça o estilo de jogo e a formação favorita do técnico especulado no Timão"

    há 3 meses

    Se o Duilio tiver assinado com o cara, é pra deixar a mídia invejosa louca.

    Vão questionar como vai pagar e blá blá blá blá

    Kkkkkkkkkkkkkkkk

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!"

    há 3 meses

    Lewa se movimenta demais para o tamanho dele

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!"

    há 3 meses

    Paulinho veterano ainda corre muito.

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!"

    há 3 meses

    Ontem quando vi a formação pensei a mesma coisa. Finalmente mudaram o esquema que não tinha como dar certo (não com os jogadores atuais)

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!"

    há 3 meses

    Opa Bruno...a ideia é que não tem um volante estilo Gabriel, só de contenção brucutu...ambos sabem jogar no Nice...

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!"

    há 4 meses

    Futebol ofensivo: uma lição do Nice ao Corinthians!

    Mesmo tendo um investimento muito abaixo dos outros franceses, ontem o Nice meteu 4 no Olympique de Marseille do Sampaoli.

    E porquê a lição ao Corinthians?

    1) Não joga com um centroavante.
    O time joga no 4 4 2, com dois jogadores na frente sem imposição física.

    2) Não tem um volante de contenção brucutu.
    Joga com 4 jogadores em linha e 1 deles recuando para cortar a linha de passe, mas não tem o jogador que não avança.

    3) Contra-ataques
    Você tem jogadores rápidos e não tem um centroavante? Então contra-ataque neles. Não adianta ficar prendendo a bola no ataque. Além disso, você tem os dois atacantes na frente para passe e não precisa ficar refém de cruzamentos na área.

    4) Defesa compacta
    Eles também tem a versão Gil deles, o zagueiro brasileiro Dante. Já sem muita velocidade, o time retorna para a marcação. Isso permite o contra-ataque descrito acima.

    Por fim, esse esquema potencializa jogadas ofensivas do centro, algo que seria ótimo para Giuliano, Paulinho ou RA. O que não dá é fazer um esquema que precisa de centroavante e a gente reclamar do Jô.

    detalhes do post
  • Bruno

    Bruno postou em Mercado da bola, no tópico "Quem é Vitor Pereira? Conheça o estilo de jogo e a formação favorita do técnico especulado no Timão"

    há 4 meses

    Queriam a contratação do Lampard

    detalhes do post
`
x