felibr
felibr

felibr adone


de [email protected]

Torcedor do site número: 723.376

cadastrado desde 29/09/2019

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 25/06/2022

Atividade de Felibr Adone no Meu Timão

Ranking do Fórum

2.207º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

10.620º lugar

Ver Ranking

122 Comentários

89% de aprovação

1.180 Posts

64% de aprovação

117 Tópicos

37.245 Visualizações

1.862 Views por tópico

Última atividade no site em 25/06/2022 às 03h48

Felibr Adone avalia 66.49% como positivo

Posts e comentários do felibr

Última interação no site em 13/06/2022 às 15h44

  • felibr

    felibr comentou na notícia: "Corinthians está entre os 11 clubes interessados em contratar Luis Suárez, diz jornal espanhol"

    há 2 semanas

    Taunza vai pagar salário do jogador... Fecha logo!

    detalhes do comentário
  • felibr

    felibr comentou na notícia: "Giovane 'some' de listas do profissional em meio a indefinição de futuro no Corinthians"

    há 2 semanas

    Se fosse bom Corinthians já teria comprado e cedido 70% do passe.

    detalhes do comentário
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O santos sem dinheiro"

    há 2 semanas

    Santos não renovou com o goleiro por causa do campeonato de 2004.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(ENQUETE) Qual a pior contratação da história do Corinthians?"

    há 3 semanas

    Economicamente falando, Nilmar.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Olhem só o titulo dessa matéria da globo sobre o William"

    há 3 semanas

    Jornalismo virou clique bait. Se o jornalista não tem um número suficiente de acessos da nisso. As vezes não é nem o jornalista que dá título na matéria. é o editor. Mas sempre foi assim, lembro de um jornalista que se demitiu na revista Veja ao ver a manchete nas bancas de sua reportagem sobre o Cazuza - Cantor agoniza em praça publica - Ficou com vergonha de sua própria reportagem de capa e se demitiu, porque um editor safado mudou o seu título de última hora (algo muito comum na revista veja).

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "A cada dia a imprensa se supera..."

    há 3 semanas

    Post preconceituoso. O texto fala sobre uma sociologa que levanta aspectos importantes, como o fator menino da classe média estar tomando o lugar do negro pobre por causa das escolinhas de futebol e maior acesso ao clubes. Mas a falta de interpretação de texto e preconceito nestes tempos bolsonarista da em posts como estes.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Off topic, no tópico "Neymar no segundo penalti- muito pior que o Pato"

    há 3 semanas

    Coreia do Sul ganhou da Alemanha na Copa passada.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Sobre o blog do Paulinho"

    há 3 semanas

    Lula foi condenado por visitar um apartamento no Guarujá e por ir passar fim de semana na casa do amigo. Em nenhum país do mundo iria ser aceito essa ridícula premissa. Hoje sabemos como o sistema de Curitiba funcionou. A Onu fez seu julgamento e mostrou que ele foi alvo de julgamento político onde pasmem, acusação e defesa trocavam ideias sobre seus casos (nem na coreia do norte isso acontece).

    Seu único defeito foi ter se aliado a picaretas, inclusive do PL, que faz partido de Bolsonaro. Não por gosto, mas necessidade de se ter maioria no Congresso.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Talvez o meu último tópico"

    há 3 semanas

    1 – Compreenda que o tratamento é fundamental
    A depressão é uma condição clínica que requer cuidados médicos e psicológicos. Como um membro da família ou amigo, você pode ouvir a pessoa e dar o seu apoio, mas isso pode não ser suficiente.

    É necessário que você tenha sempre isso em mente. A compreensão da gravidade do problema pode impedi-lo de perder a paciência ou ficar frustrado com eles, uma vez que seus melhores esforços não irão “curar” sua depressão.

    Pessoas que estão deprimidas muitas vezes não conseguem dormir, e dificilmente você terá alguma ação sobre esse fato. Você poderá dar cuidado e apoio, mas não irá resolver o problema.

    2 – Seja pró-ativo nos seus cuidados
    A melhor coisa que você pode fazer para alguém com depressão é apoiar o seu tratamento. Diga a seu amigo ou amado que a depressão é um distúrbio grave e que ignorá-lo não o fará desaparecer.

    Quando alguém sofre um acidente e quebra uma perna, rapidamente levamos esta pessoa para um hospital. Quando alguém tem depressão, este indivíduo também precisa de cuidados médicos e psicológicos. Recomende a visita a um psicólogo, busque profissionais da sua confiança e incentive seu ente querido a se cuidar.

    3 – Fale sobre a depressão
    Deixe-os saber que você e outros se preocupam com eles e estão disponíveis para apoio. Ofereça-se para encaminhá-los para um tratamento ou, se eles quiserem falar com você sobre como eles estão se sentindo, saiba ouvir. Acolha, escute ativamente e esteja atento.

    Este acolhimento pode reduzir o risco de suicídio. Ouça atentamente os sinais de desesperança e pessimismo, e não tenha medo de chamar um psicólogo ou mesmo levá-los para uma clínica, se a sua segurança estiver em questão.

    6 – Concentre-se em metas pequenas
    Uma pessoa deprimida pode perguntar: “Porque você se preocupa comigo? Porque eu deveria sair da cama hoje? ” Você pode ajudar a responder a essas perguntas e oferecer um reforço positivo.

    7 – Leia tudo sobre o assunto para ajudar um amigo com depressão
    Livros sobre depressão e auto-ajuda podem ser úteis, especialmente quando eles são fontes confiáveis de conselhos ou orientação. A leitura pode ser uma fonte chave para ajudar as pessoas com depressão.

    Os livros podem muitas vezes lançar luz sobre os tipos de tratamento disponíveis. Artigos de blog também são recomendáveis, desde que você tenha a certeza que as fontes sejam confiáveis e que os artigos tenham sido escritos por profissionais capacitados. É aconselhável observar a curadoria de profissionais devidamente registrados junto aos conselhos de psicologia ou medicina.

    8 – Encontre serviços de apoio
    Use serviços de apoio em sua comunidade ou recursos online. Plataformas como a Vittude podem ajudá-lo a encontrar os especialistas certos para consultar sobre o tratamento da depressão. Organizações como o CVV (Centro de Valorização da Vida) também podem ser úteis em casos de pensamento suicida.

    Algumas pessoas com depressão podem não reconhecer que estão deprimidas. Explique-lhes que a condição pode ficar progressivamente pior, até mesmo se tornar crônica, se não tratada precocemente. Por isso, vale a pena investigar serviços de apoio e especialistas.

    9 – Faça terapia
    Para compreender o que se passa com uma pessoa querida é importante que você se conheça bem. O autoconhecimento o deixará preparado para lidar com as suas emoções e com as de seu amigo. Muitas vezes, quando estamos em um processo de escuta ativa, os relatos do nosso interlocutor podem acionar pontos do nosso inconsciente. Nesse momento, precisamos saber o que exatamente é do outro e o que é nosso. A psicoterapia é um processo altamente recomendado para pessoas que convivem com amigos ou familiares em depressão.

    Quanto mais estabilizado emocionalmente você estiver, mais preparado estará para ouvir, refletir e ajudar.

    10 – Saiba o momento de ficar em silêncio
    Em alguns momentos pode ser necessário apenas um abraço e o silêncio ao lado do seu amigo. Um colo, cafuné e um momento de acolhimento e carinho. Um abraço apertado pode valer mais do que muitas palavras.

    Da mesma forma, saiba também o momento certo de se despedir e dar um espaço para que a pessoa respire.

    11 – Incentive visitas ao psicólogo
    Incentive a pessoa a visitar um psicólogo ou psiquiatra, participar de sessões de terapia e tomar os medicamentos quando prescritos.

    Assim, através da terapia, os psicólogos ajudam milhões de brasileiros de todas as idades a viver vidas mais saudáveis e mais produtivas.

    É importante mostrar que qualquer pessoa pode precisar de ajuda para lidar com sentimentos e problemas que parecem além do seu controle – problemas com um casamento ou relacionamento, uma situação familiar ou lidar com a perda de um emprego, a morte de um ente querido, depressão, estresse e burnout. Evitar o preconceito é extremamente importante.

    Veja abaixo o que fala Jout Jout prazer a respeito da importância de fazer terapia.

    12 – Fique atento para ajudar um amigo com depressão
    Se alguém que você ama teve depressão no passado, preste atenção se a pessoa está experimentando algumas das fases de vida mais arriscadas (em termos de depressão), como a adolescência ou um parto recente.

    A depressão pós-parto, por exemplo, acomete mais de 25% das mães no Brasil. Pode trazer inúmeras consequências ao vínculo da mãe com o bebê, sobretudo no que se refere ao aspecto afetivo. Isso pode ter efeitos no desenvolvimento social, afetivo e cognitivo da criança, além de sequelas prolongadas na infância e adolescência.

    Eventualmente, uma mulher depressiva, normalmente, amamenta pouco e não cumpre o calendário vacinal dos bebês. As crianças, por sua vez, têm maior risco de apresentar baixo peso e transtornos psicomotores

    Além disso, se o curso é difícil para ele ou ela emocionalmente devido à separação conjugal, divórcio, perda de emprego, uma morte na família, ou outro estresse grave, você deve estar pronto para intervir e ajudar.

    Cuidados importantes para ajudar um amigo com depressão
    Nunca diga a alguém que ele não tem motivos para estar naquela situação. Não liste adjetivos para mostrar a ele razões pelas quais eles não deveria estar triste. Da mesma forma, não diga que os problemas dele são bobos ou que não há razão para se preocupar. Eles vão se afastar, ficar introspectivos e parar de falar sobre o assunto.

    A automutilação pode ser um sinal precursor dos pensamentos de suicídio. Fique de olho no seu amigo e continue a proporcioná-lo acolhimento, segurança e incentivos gentis. Esteja ao seu lado.

    A automutilação não significa necessariamente que alguém se tornará um suicida, ela geralmente indica que essa pessoa está sofrendo muito e, embora exista a possibilidade de ser um grito de socorro, você nunca deve deduzir isso.

    Muitas tentativas de suicídio podem acontecer quando as pessoas parecem melhores, não quando parecem severamente deprimidas. Assim, quando alguém está no fundo do poço, ele pode não ter energia suficiente para fazer coisa alguma, mas quando a energia começa a voltar, ele poderá tomar uma atitude.

    Salve uma vida – não ligue para a polícia durante uma emergência de saúde mental. Ligue para um hospital, para uma instituição de saúde mental ou contate o CVV — Centro de Valorização da Vida, através do telefone 141.

    detalhes do post
  • felibr

    felibr comentou na notícia: "Comentário de Neto no Meu Timão"

    há 3 semanas

    Carille saiu do Santos e o time melhorou, saiu do Atlético Paranaense e o time melhorou. Ele pratica outro esporte, não se pode chamar de futebol. Não evolui e faz curso para aprender acha que seu 10-0-0 ainda ganha alguma coisa.

    detalhes do comentário
`
x