Paulinha projeta restante de temporada do Corinthians e expõe ensinamentos com eliminações recentes

7.3 mil visualizações 24 comentários

Por Julia Raya e Giovana Duarte

Paulinha falou sobre os próximos passos do Corinthians

Paulinha falou sobre os próximos passos do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A lateral-direita Paulinha teve participação importante no primeiro semestre do Corinthians. Depois de disputar a fase de grupos do Brasileiro Feminino, a atleta deixou a equipe do Parque São Jorge para atuar em Portugal, mas contou como está sendo a preparação da equipe para o segundo semestre.

Paulinha recebeu há meses a proposta de se transferir para o futebol europeu e conversou com o técnico Arthur Elias antes de tomar sua decisão. A pedido do treinador, ela terminou a fase de grupos com o elenco corinthiano, mas não disputará o mata-mata do torneio nacional e nem o Paulista e a Libertadores. Mesmo assim, ela participou da preparação da equipe para as competições e contou como tem sido.

"Acho que o primeiro foco é o Brasileiro. Disputei a primeira fase, foi conversado com Arthur, ele pediu pra eu não sair antes da primeira fase, queria que eu completasse, e infelizmente não vou estar na segunda, aqui na Europa o calendário é diferente, enfim. O pensamento era o Brasileiro, que é muito difícil, atualmente os times de camisa se preparam, outros que vêm de antes, a Ferrinha, por exemplo, pode não ser tão "de camisa" como um Palmeiras, Santos, mas é um time com muita tradição no feminino, elas são muito boas, foram campeãs de muitas coisas. Eu já perdi campeonato pra elas... não da pra desmerecer um time como elas, ou como era o Rio Preto, que era time a ser batido. São times que estão vindo fortes, mas sem deixar os de tradição pra trás", contou a corinthiana em entrevista exclusiva ao Meu Timão.

"O Brasileiro te prepara muito, pra Paulista e Libertadores. O Brasileiro é o mais difícil... o Paulista tem times de São Paulo muito bons, mas o Brasileiro é complicado. O pensamento da Libertadores, a gente ainda olha pra ver o que errou e não cometer de novo, mas o foco é o Brasileiro e em seguida o Paulista e ai sim a Libertadores pra um possível Mundial, né, como estavam especulando. Espero muito que dê certo e que o Corinthians esteja", completou e desejou logo em seguida.

Além de projetar os próximos passos do Timão, ele relembrou alguns outros recentes. A ex-camisa 21 expôs como insucessos recentes, como no Brasileiro de 2019 e a Libertadores de 2020, serviram de motivação para o elenco buscar melhoras

"A gente... fazer parte do Corinthians é muito bom, são as melhores jogadoras, equipe muito competitiva... mas quando as pessoas olham pro Corinthians elas querem ganhar o jogo. Quem joga contra gente joga por uma bola, a bola do jogo, pode decidir campeonato, vaga ora final, semi. A gente sabe disso e toda vez que a gente entra em campo a gente sabe que não tem time fraco, pra gente não tem, a gente sabe que elas vão dar a vida. Esse ano (2019) foi um ano de invencibilidade, mas a gente sabia que o jogo contra a Ferrinha não seria fácil. Pra quem assistiu, tivemos varias bolas na trave, chegamos varias vezes, mas fomos para os pênaltis. É momento, você está preparada, psicologicamente tá mais preparada, e ela levaram a melhor. O jogo em si, a gente massacrou. Claro que elas tiveram méritos, se defenderam, e isso é muito importante. Jogar com time como o Corinthians você tem que usar as armas que você tem, tem que ter estratégia, planejamento pra entrar em campo e segurar o ataque da equipe, fizemos muitos gols naquele ano... elas usaram as armas que tinham", disse a corinthiana, relembrando a campanha nacional em 2019.

"É a mesma coisa da Libertadores, jogamos contra um time que a gente conhecia bem (América de Cali), ganhamos delas no ano anterior, a gente sabia como elas jogavam, mas foi uma bola, foi ali no ultimo minuto, de desatenção, era final de jogo, a gente podia ter usado mais a malícia, estávamos ganhando de 1 a 0, dava pra ter segurado mais o jogo, mas a gente não queria, a gente quer atacar, tentar sempre mais um gol. Foi um golaço da menina, ela achou uma bola incrível... ela nunca mais vai fazer esse gol (risos). Foi mérito, ela estava no momento certo, foi a batida certa. Não da pra tirar o mérito dela, foi inteligente e fomos pros pênaltis. Ali foi difícil, a gente sabia da nossa qualidade, a gente chegou muito bem pra Libertadores, jogando bem, um time muito consistente, compacto, jogando bem com bola... fizemos bastante gol, rodamos o time, mas infelizmente fomos desclassificadas. Faz parte, mas assim, a gente sabia que ia chegar aqui, pensamos bem 'vamos treinar pênalti', nos preparar melhor psicologicamente para uma disputa como essa para que não se repetisse", completou, recordando agora a Libertadores 2020.

O Corinthians começa no próximo dia 11 de agosto a disputa pelo Paulista de 2021. A equipe estreia na competição justamente contra a Ferroviária, com horário e local ainda a serem definidos. Já a Libertadores será disputada no entre o final de setembro e outubro.

Confira a entrevista completa da Paulinha ao Meu Timão

Veja mais em: Paulinha e Corinthians Feminino.

Veja Mais:

  • Robson Bambu e Willian participam de penúltimo treino do Corinthians antes de enfrentar o São Paulo

    Corinthians divulga relacionados para partida contra o São Paulo; veja a lista

    ver detalhes
  • Atacante Giovane está mais perto de ser adquirido em definitivo pelo Corinthians

    Corinthians agenda reunião para definir compra definitiva de Giovane

    ver detalhes
  • Matheus Araújo foi procurado pelo Sporting, mas negócio não avançou

    Corinthians recusa investida do Sporting por meia das categorias de base

    ver detalhes
  • Cássio já enfrentou rivais mais de 100 vezes com a camisa do Corinthians

    Cássio pode passar Ronaldo em número de clássicos pelo Corinthians; veja detalhes

    ver detalhes
  • Entre outubro de 2018 e dezembro de 2021, Michel Macedo atuou em apenas 30 jogos, com um gol marcado; lateral-direito conquistou o Estadual de 2019

    Corinthians é acionado na Justiça pelo lateral Michel Macedo com pedido de indenização milionária

    ver detalhes
  • Raul Gustavo vem se destacando na equipe de Vítor Pereira

    Raul Gustavo avalia sequência invicta do Corinthians e projeta clássico contra o São Paulo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x