Renato Augusto comenta preparação para Libertadores e relembra último jogo do Corinthians na Bolívia

2.8 mil visualizações 34 comentários

Por Giovana Duarte, Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni

Renato Augusto voltará a disputar uma Libertadores pelo Corinthians após sete anos; última vez foi em 2015

Renato Augusto voltará a disputar uma Libertadores pelo Corinthians após sete anos; última vez foi em 2015

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians não terá muito tempo para lamentar a eliminação no Paulistão 2022. A equipe do Parque São Jorge terá uma semana para se preparar para a estreia na Libertadores, que acontece na terça-feira que vem, dia 5 de abril, às 21h30, diante do Always Ready, na Bolívia.

Um dos principais nomes do elenco do Timão, o meia Renato Augusto ressaltou que o Corinthians precisará saber aproveitar muito bem a preparação para iniciar a disputa pelo bicampeonato da Libertadores. Segundo o camisa 8, algumas coisas serão solucionadas apenas dentro de campo.

"Temos uma semana (de treinos). É tentar trabalhar, entender o que ele (Vítor Pereira) quer. O mister gosta de uma forma muito diferente do que vínhamos jogando, pressionando, saída de bola. Agora vamos ter essa semana para aprender, por que é difícil entender tudo por vídeo e conversa. Tem coisa que é só no campo, repetindo, é um tempo curto, mas temos essa semana. De um jogo para o outro, temos dois dias, foi descansar e ver vídeo. Agora é pegar a semana, aproveitar e entender o que ele realmente quer para começar bem a Libertadores", afirmou o camisa 8 do Timão na zona mista após derrota no Majestoso.

A última vez que o Corinthians esteve na Bolívia foi em 2013, quando enfrentou o San José. A partida ficou marcada pelo fatídico episódio da morte do jovem Kevin Spada, torcedor do adversário, morto após ser atingido por um sinalizador naval vindo da torcida do Corinthians.

Assim como naquele duelo, o Corinthians também precisará enfrentar a altitude boliviana. Em 2013, a equipe alvinegra chegou na cidade quatro horas antes da partida e utilizou cilindros de oxigênio para suportar o ar rarefeito. Renato Augusto estava presente naquele elenco, mas afirmou que ainda não se sabe como será feita a preparação pensando no confronto de terça-feira que vem.

"Joguei algumas vezes na altitude, mas realmente, a gente nem conseguiu conversar sobre a preparação. Agora vamos ter um pouco mais de tempo, para se organizar e poder crescer. Precisamos de tempo para trabalhar, muita conversa, muito vídeo, é aproveitar a semana para entender o que ele quer", afirmou o meia.

Renato Augusto ainda avaliou o que "falta" para o Corinthians engatar sob o comando de Vítor Pereira. O treinador chegou ao clube há cerca de um mês e disputou seis partidas. Até aqui, foram duas vitórias, um empate e três derrotas.

"Trabalhar. De um jogo para o outro vimos vídeos e tentamos conversar. Agora vamos ter mais tempo para entender o que ele quer, que são boas ideias. E que a gente possa entender isso rápido para evoluir durante os jogos", concluiu Renato.

Veja mais em: Renato Augusto, Libertadores da América e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians visitou o Fluminense neste sábado

    Corinthians é dominado pelo Fluminense e toma goleada no Maracanã

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu duas posições no Campeonato Brasileiro e agora fecha G4 da competição

    Corinthians perde duas posições no Brasileirão após goleada, mas segue no G4; veja classificação

    ver detalhes
  • Goleiro Cássio foi escolhido como o melhor em campo em goleada sofrida pelo Corinthians

    Cássio é eleito o melhor do Corinthians em tarde de notas baixíssimas; zagueiro beira o zero

    ver detalhes
  • Cássio e Mantuan durante partida contra o Fluminense

    VP diz que Corinthians correu risco 'calculado', mas afirma que não havia perdido assim na carreira

    ver detalhes
  • Corinthians teve diversos desfalques e acabou goleado pelo Fluminense após má atuação no Maracanã

    Má atuação e preocupação com Biro: torcida do Corinthians repercute derrota para o Fluminense

    ver detalhes
  • Guilherme Biro disse que conversa no vestiário após goleada foi de apoio e foco para buscar vitória contra o Boca Juniors

    Biro revela conversa no vestiário e diz que derrota não deve influenciar Corinthians na Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x