Venha fazer parte da KTO
x

Paulinho, ex-jogador do Corinthians

José Paulo Bezerra Maciel Junior

1988-07-25

Jogador de futebol

Male

Informações pessoais

Nome completo: José Paulo Bezerra Maciel Junior

Posição: volante

Data de nascimento: 25 de julho de 1988

Idade: 35 anos

Estatísticas de Paulinho com a camisa do Corinthians

Jogos pelo Corinthians: 219

Jogos como titular: 166

Resultados: 109 vitórias, 59 empates e 51 derrotas

Aproveitamento de pontos conquistados: 58.75%

Títulos de Paulinho conquistados no Corinthians: 4 relembre

Gols de Paulinho pelo Corinthians: 40 relembre

Nota média da torcida: 5,23 em 154.955 votos

Estreia de Paulinho pelo Corinthians

Paulinho estreou no Corinthians em 25 de abril de 2010. Em seu primeiro jogo pelo Timão, o Corinthians foi derrotado pelo Botafogo por 3 a 1, em partida amistosa. Na ocasião, o jogador de 21 anos começou a partida no banco de reservas no Nilton Santos.

Última partida de Paulinho pelo Corinthians

Paulinho no Corinthians em 28 de maio de 2024. Em sua última partida disputada pelo Timão, o Corinthians venceu Racing por 3 a 0, em partida válida pela Copa Sul-Americana de 2024. Durante a partida, Paulinho, com 35 anos, entrou em campo após começar a partida no banco de reservas na Neo Química Arena.

Recordes e marcas de Paulinho pelo Corinthians

Estatísticas de Paulinho no Corinthians por temporada

que atuaram pelo
Ano Jogos Gols Amarelos Vermelhos Nota média
2024 13 0 1 0 4.23
2023 19 2 2 0 4.23
2022 20 4 2 0 4.86
2013 23 6 4 0 7.99
2012 56 13 11 0 8.27
2011 56 11 7 1 6.54
2010 32 4 4 0 5.78

Estatísticas de Paulinho no Corinthians por competição

que atuaram pelo
Competição Jogos Gols Amarelos Vermelhos
Campeonato Brasileiro 99 21 17 0
Campeonato Paulista 71 14 7 1
Libertadores da América 31 5 6 0
Copa do Brasil 5 0 0 0
Copa Sudamericana 4 0 1 0
Mundial de Clubes 2 0 0 0
Amistosos 1 0 0 0

Biografia

O volante José Paulo Bezerra Maciel Júnior, mais conhecido como Paulinho, nasceu no dia 25 de julho de 1988 na cidade de São Paulo. Ele chegou ao Corinthians, pela primeira vez, em 2010.

Ele iniciou sua carreira muito jovem, nas categorias de base da Portuguesa. O volante logo foi vendido para o Pão de Açúcar, onde sua carreira começou a engrenar. Com apenas 17 anos, foi emprestado ao FC Vilnius da Lituânia, em 2006, e ao e Lodz, da Polônia, no ano seguinte. Na Europa, foi vítima de racismo por parte dos torcedores dos clubes rivais.

Em 2008, deixou de lado o sonho de jogar em um grande clube do futebol europeu para retornar ao Brasil. No Pão de Açúcar, jogou a Quarta Divisão do Campeonato Paulista. No ano seguinte, ganhou destaque ao atuar pelo Bragantino, na Série B do Campeonato Brasileiro. Paulinho chegou ao Corinthians em 2010, com a difícil missão de dar sequência às excelentes peças que preencheram o meio de campo da equipe nos últimos anos.

Mesmo cercado de desconfiança no início, o jogador surpreendeu e, já no ano seguinte, foi eleito o melhor volante do Brasileirão, conquistado pelo Corinthians de Tite. Foi neste período, inclusive, que foi convocado para a Seleção Brasileira, onde enfrentou um amistoso contra a Argentina.

Foi em 2012 que Paulinho carimbou de seu nome na história do Corinthians, durante a inédita conquista da Libertadores da América. Sempre que esteve em campo respondeu da melhor maneira possível e ainda subiu mais alto que todo mundo aos 42 minutos da partida das quartas de final contra o Vasco para decidir o confronto. Ao abraçar o torcedor no alambrado, Paulinho cravou de vez seu nome como ídolo dos corinthianos.

Com o título continental no currículo e inúmeras propostas, o camisa 8 resolveu permanecer para o Mundial de Clubes e, de novo, foi fundamental. Paulinho participou da jogada que resultou no gol de Guerrero e no segundo título do Timão no Mundial de Clubes de 2012, ao bater o Chelsea por 1 a 0.

Depois de nova tentativa de conquistar a América em 2013, freada pela eliminação polêmica contra o Boca Juniors, Paulinho enfim aceitou as investidas europeias e deixou o Corinthians. Ao rumar a Inglaterra, para defender o Tottenham, o volante garantiu que um dia voltaria. Pelo Timão, Paulinho entrou em campo em 167 oportunidades, tendo marcado 34 gols.

Depois de passagem pela Inglaterra, Paulinho foi para a China, pelo Guangzhou. Protagonista na Seleção Brasileira do técnico Tite, com quem atuou no Corinthians, fez seu nome na Europa mais uma vez e chegou a um novo patamar. O volante conseguiu realizar um grande sonho e foi contratado pelo Barcelona, da Espanha, para atuar do lado de craques como o atacante Lionel Messi. Pouco tempo depois, no entanto, mesmo tendo boas atuações no clube espanhol, retornou ao Guangzhou.

Em 2021, Paulinho conseguiu a rescisão com o clube chinês após não conseguir atuar por conta da pandemia do novo coronavírus, o Covid-19. O jogador se despediu do Guangzhou com quatro títulos da Superliga Chinesa, um da Liga dos Campeões da AFC, um da Copa da China e outros dois da Supercopa.

Após um período no Brasil, em que chegou a usar a estrutura do Red Bull Bragantino para manter a forma física, o volante foi anunciado pelo Al-Ahli, da Arábia Saudita, em julho de 2021. Dois meses depois, porém, Paulinho rescindiu o contrato - o comunicado do clube informava que a saída foi em comum acordo e por conta de problemas particulares do jogador.

No dia 15 de dezembro do mesmo ano, o Corinthians anunciou o retorno de Paulinho. O jogador assinou contrato até 31 de dezembro de 2023. Por conta de lesão ligamentar, seu vínculo foi renovado até o dia 30 de junho de 2024.

Últimas atuações de Paulinho pelo Corinthians

Como foi o Paulinho jogando no Corinthians?