Entre 'passadores de pano' e 'imediatistas': quando analisar Sylvinho virou uma guerra de extremos?

Ulisses Lopresti

Vinte e três anos de vida e de corinthianismo. Jornalista, trabalho no Meu Timão. Escrevo aqui e apareço no Contra-Ataque, mídia alternativa de futebol.

ver detalhes

Entre 'passadores de pano' e 'imediatistas': quando analisar Sylvinho virou uma guerra de extremos?

Coluna do Ulisses Lopresti Figueiredo

Opinião de Ulisses Lopresti

6.2 mil visualizações 116 comentários Comunicar erro

Entre passadores de pano e imediatistas: quando analisar Sylvinho virou uma guerra de extremos?

Treinador assumiu o Timão após o Paulistão

Foto: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

No final de julho, durante um protesto no CT, Duilio deu um prazo de avaliação do Sylvinho que duraria sete jogos. Até então, a campanha do Corinthians era bem mediana, com um time sem destaques e um futebol sem nenhum brilhantismo. Entretanto, o time começava a apresentar uma defesa forte.

Nos meses seguintes, o corinthiano, e o Sylvinho, se surpreenderam com contratações de jogadores de peso. Os sete jogos passaram, o Timão melhorou o desempenho, desde então venceu Cuiabá, Athletico, Grêmio e Ceará. Estamos na sexta colocação, mas o sarrafo subiu. O resultado não acompanha o desempenho, e o ouvido do treinador voltou a ficar quente. Porém, será que estamos analisando o trabalho do técnico de forma coerente?

Antes de me xingar, não estou “passando o pano” para o Sylvinho. Meu ponto é que a análise sobre o técnico virou um gigante “ame ou odeie”. Nas redes sociais, é possível ver que apenas existem duas linhas de pensamento: ou você exige a demissão do técnico, ou você é fã do trabalho.

Pode ser um fruto da era das redes sociais, opiniões polarizadas e discurso acalorado. Porém, eu não me lembro desse conflito nem com os últimos treinadores do Corinthians, Tiago Nunes passou por uma crise gigante e Vagner Mancini teve um começo de ano desastroso. Mesmo assim há quem diga que esses trabalhos foram muito melhores que o atual.

É fundamental que análise do trabalho do técnico seja com um tom mais ameno. Por alguns motivos. É nítido que o trabalho do Sylvinho tem que melhorar (e muito!). O treinador precisa melhorar o desempenho da equipe em casa, o ataque precisa melhorar e ele precisa conseguir encaixar um meio com os reforços e que tenha pegada, coisa que faltou contra o Juventude.

Mas sejamos sinceros, no começo do Brasileirão dizíamos que o objetivo do Corinthians era ficar no meio da tabela. Tentamos dois treinadores que nos recusaram, Sylvinho foi o plano C. O Brasileirão começou em um processo de aliviar a folha e se desfazer de jogadores. Mesmo assim, chegamos ao fim do primeiro turno na zona de classificação para a Libertadores. Eu não consigo entender o hate gigante com esse trabalho.

A demissão de um técnico com essa performance beira o absurdo. Porém, os elogios exacerbados também.

É um treinador que está montando uma equipe ao longo do campeonato. E mais, ganhou reforços estrelados no meio do trabalho. Temos que esperar para ver qual vai ser dessa equipe.

Vojvoda, Jorge Jesus, Abel, foram treinadores que mudaram suas equipes assim que chegaram. Sim, Sylvinho não está nesse nível, mas não quer dizer que o time não será competitivo com o técnico.

A discussão tem que para de ser uma batalha de extremos, onde vale tudo e ou você “passa o pano” ou você é “imediatista”.

Veja mais em: Sylvinho, Torcida do Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Ulisses Lopresti Figueiredo

Por Ulisses Lopresti Figueiredo

Vinte e três anos de vida e de corinthianismo. Jornalista, trabalho no Meu Timão. Escrevo aqui e apareço no Contra-Ataque, mídia alternativa de futebol

O que você achou do post do Ulisses Lopresti?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Adriano

    Ranking: 7484º

    Adriano 206 comentários

    @mrpopo em

    Se for analisar números, Sylvinho é razoável. Por outro lado, se for analisar desempenho durante os 90 minutos, o time do Sylvinho é ruim de doer.

    Eu posso estar enganado mas, sinceramente, não acredito em melhora do time com este técnico. Sylvinho é mágico de um truque só. Não tem repertório e nem adaptabilidade.

  • Foto do perfil de Alcindo

    Ranking: 6687º

    Alcindo 239 comentários

    @amaravilha em

    A tal defesa sólida do Sylvinho toma gol em todos os jogos. O desempenho é pífio, a única exceção foi o jogo contra o Ceará, em todos os jogos o futebol apresentado foi sofrível. Antes dos reforços o Corinthians só tinha vencido os últimos colocados e com enorme dificuldade, com os reforços o resultado veio unicamente pela individualidade dos jogadores, NADA de trabalho do técnico.
    Já passou da hora de demitir e contratar um técnico de verdade, fazer isso o que o Sylvinho faz o Coelho também faz igual.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de SCCP

    Ranking: 32ª

    Sccp 1477 comentários

    116º. @fiel.menezes em

    'no começo do Brasileirão dizíamos que o objetivo do Corinthians era ficar no meio da tabela', sim, mas com os reforços, isso mudou, vieram reforços de qualidade, então, o mínimo que queríamos era pelo menos a classiicação direta pra Liertadores, mas o Sylvinho tá acabanado até com o futebol bom dos caras.

  • Foto do perfil de Diego

    Ranking: 311º

    Diego 3556 comentários

    115º. @diego.souza71 em
    Sinceramente. Com o Carille ou outro bom treinador desde o início do campeonato, teríamos feito mais pontos no início e com a chegada dos reforços o time estaria forte na briga pelo título. Se for para Pré-Libertadores com Sylvinho a chance de outro vexame é imensa.
  • Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 16230º

    Wagner 62 comentários

    114º. @wagner.estevam1 em

    Na minha opinião esses que só dmsabem criticar são discípulos do craque Neto kkkkkkk ninguém presta pra ele ou vocês não lembra o inferno que esse maldito fez no período do Tiago Nunes só porque o cara não quis assumir o time no meio do campeonato imagina se um dia o Renato Gaúcho aceitar vir o inferno que vai ser

  • Foto do perfil de Jair

    Jair 14 comentários

    113º. @jair.cimini.junior em

    Ele tem que tirar o Jô e o FS do time titular. Precisa mexer nos medalhões... Pra jogar com o Gil precisa ser 3 zagueiros... E o Gil só da Chutão

  • Foto do perfil de Anderson

    Ranking: 2325º

    Anderson 770 comentários

    112º. @anderson.leandro em

    E para os que defendem que os reforços chegaram agora, nunca é demais lembrar o Que o argentino tá fazendo lá no Fortaleza, e o Barbieri no Bragantino, com jogadores em que a maioria eu nunca ouvi falar...

    Quem é Praxedes? Artur foi artilheiro e grande destaque em que time grande? Quem é Eric Ramires? E Lucas Evangelista?

    E o tal de Ederson, não foi preterido pelo Sylvinho e hoje é destaque no Fortaleza? Picachu, mano... Wellington Paulista..

    Com esses elencos medíocres e com jogadores desconhecidos que bons treinadores estão fazendo trabalhos excelentes...

    Aposto que se derem o time da base do Corínthians para o treinador argentino do Fortaleza, com Lucas Piton, GP, Mantuan, Adson, Roni, Du Queiroz, Raul Gustavo, complementado por outros do sub23 e sub 20, ele formará um time muito mais competitivo e com mais alternativas do que o Sylvinho...

    E se ele ainda puder acrescentar a esse time nomes como Cássio, Fagner, João Vitor, Ederson, Cantillo, Luan e Mosquito, aposto que terá um desempenho muito superior até mesmo que o Fortaleza...

    Mas o Sylvinho não conseguiu chegar nem perto..

    O próprio criticado Wagner Mancini, esboçou melhoras quando colocou 3 zagueiros, estava fazendo o Matheus Vital jogar bem, o Luan, o Fagner... Lançando o Adson aos poucos

    Ou seja, se o Sylvinho consegue.ser.pior do que o Mancini, e assumiu o time antes do início do Brasileirão, e atravessou o primeiro turno inteiro, e consegue ser pior do que o Mancini, porque esperar mais? Ele já provou que não é técnico de time grande.

    Reparem, fiz a análise sem considerar os reforços... O Sylvinho perde para treinadores com muito menos expressão, com jogadores muito menos conhecidos e tarimbados do que o nosso.

    Tomar pressão de Juventude em casa... Aaaa isso é o cúmulo.

    Enfim, Sylvinho não dá mesmo.

  • Foto do perfil de Anderson

    Ranking: 2325º

    Anderson 770 comentários

    111º. @anderson.leandro em

    Tá aí um belo exemplo do que é passar pano kkkkkkkk

    Não existem dois pólos um que ame, e outro que odeia o Sylvinho...

    Existe, isso sim, 90% a 95% de críticos ferrenhos, que querem a cabeça do Sylvinho...

    E uma.minoria inexplicável, formada em grande parte, de repórteres esportivo, e uns poucos corintianos(que mesmo sendo poucos, não consigo entender como eles existem)...

    Faça uma enquete aí e perceba a besteira que você falou quando disse que havia dois grandes pólos pró e contra Sylvinho.

    A esmagadora maioria da torcida já percebeu, que manter o SYLVINHO é perda de tempo, pois, se pelo menos o Mancine tentava mudar, trazer alternativas, o Sylvinho nem isso consegue... É o mesmo sistema de jogo sempre, não importa as peças...

    É o mesmo sistema de jogo.

    Se joga RG e William, por exemplo... Ou se joga Mosquito e Adson... Eles têm que se matar para atacarem quando der, mas principalmente defender, como auxiliar de laterais.

    Joga o Gabriel de volante... Mas não sei porque, já que Giuliano ou Renato Augusto, ou Cantillo (quando jogava) têm que abdicar da armação pra buscar a bola dos pés do Gabriel para ter saída de bola...

    Os laterais não apoiam...

    O centroavante não precisa fazer gols...

    É o mesmo padrão sempre...

    E, por fim, e a defesa nem é tão sólida assim... Só está tomando menos gols, porque tem dois laterais direitos e dois esquerdos... 2 zagueiros... 1 volante botinudo que fica perdido no meio do jogo, e abandona as vezes... E mais um meia que não sabe se marca ou se arma...

    Ou seja, é tanta gente ali na frente do Cássio, atrelada à boa surpresa que vem sendo o João Vitor, e ainda o retorno da boa fase do gigante, que não tem como não tomarmos menos gols...

    Mas daí a dizer que temos uma defesa forte é um baita exagero... Quase todos os jogos tomamos gols, quase sempre em razão de mal posicionamento do defensor, tipo Fagner marcando jogadas aéreas, ou Fábio Santos, mesmo sem apoiar tomando bolas nas costas... Frente da área frouxa..

  • Foto do perfil de ERICK

    Ranking: 7452º

    Erick 207 comentários

    110º. @chibani em

    Vale lembrar que os reforços chegaram agora

    Willian, Roger Guedes, Renato Augusto.

    Giuliano jogou alguns jogos

    Precisa de entrosamento forma física, adaptaçâo.

  • Foto do perfil de ERICK

    Ranking: 7452º

    Erick 207 comentários

    109º. @chibani em

    Realmente falta bom senso na análise dos técnicos.

    O Tiago Nunes, técnico que mais destruiu o Corinthians na última década contava com o apoio da torcida.

    O Corinthians do Silvinho vinha de 3 vitórias, empatou uma e a torcida queria a cabeça.

x