Atacante encanta na base do Corinthians e destoa contra adversários mais velhos

Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie. Desde janeiro de 2020, estagiário do Meu Timão. Estou também diariamente na Rádio Mackenzie.

ver detalhes

Atacante encanta na base do Corinthians e destoa contra adversários mais velhos

Coluna do Luis Fabiani

Opinião de Luis Fabiani

44 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

Atacante encanta na base do Corinthians e destoa contra adversários mais velhos

Pedro tem tudo para ser o 'nome da década' do Terrão

Foto: Marco Galvão/Agência Corinthians

No grande celeiro que é o Parque São Jorge, alguns nomes de destaque ganharam evidência em 2021. Dentre os que subiram recentemente, Adson, Vitinho, Gabriel Pereira, Xavier, Roni, Du e Raul, pelas boas atuações individuais, já parecem consolidados no time principal. GP, aliás, destaque em meio aos estrelados titulares recém-chegados ao Corinthians, sendo protagonista da equipe em um Dérbi recheado de tensão.

Podemos descer até mais para citar outros nomes de grande valia que surgirão nos próximos anos. No Sub-20, Cauê, Reginaldo, Mandaca, Léo Mana, Belezi e Keven surgem como nomes de boa projeção ao profissional já em 2022. Olho atento em todos.

Ainda assim, para este que vos escreve, o grande "raio" do Terrão está no Sub-17, ainda que com idade inferior à categoria. Trata-se do atacante Pedro, de 15 anos, que desequilibra contra adversários até dois anos mais velhos. Soma uma explosão impressionante, com um repertório inesgotável de dribles, e um faro de gol surreal para alguém de tão pouca idade.

Pedro teria idade para atuar no Sub-15, mas a avaliação interna no clube é de um jogador diferenciado que precisa ser desafiado contra jogadores mais velhos. Ainda assim, na categoria acima, destoa sobre seus adversários. No Paulistão Sub-17, Pedro atuou por 172 minutos e marcou 5 gols, anotando um tento a cada 34,4 minutos.

As performances de alto nível o colocam como principal nome da "safra 2006" no futebol brasileiro. Divide o posto com Endrick, atacante do rival Palmeiras, com quem faz dupla de ataque na Seleção Brasileira Sub-15. A convocatória da categoria, aliás, ainda conta com uma leva de corinthianos da mesma safra, casos de Juninho (atacante), Gui Pellegrin (lateral-direito), Beto (meia) e Bahia (volante). Este último, titularíssimo e capitão da equipe nacional.

Há no clube quem considere Pedro o "nome para a década" do Corinthians. E suas atuações, de fato, encantam a qualquer um que o acompanha de perto. E fica o apelo do autor deste texto a vocês, leitores: assistam à base! Pedro e cia jogam semanalmente, com intensa cobertura do Meu Timão.

Atentos, pois um raio pode estar caindo no Parque São Jorge.

Veja mais em: Base do Corinthians e Corinthians Sub-17.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Luis Fabiani

Por Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie e entusiasta das categorias de base do Corinthians. Desde 2020, estagiário do Meu Timão.

O que você achou do post do Luis Fabiani?

x