Corinthians ganha as primeiras 'dores de cabeça' na Copinha

Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie. Desde janeiro de 2020, estagiário do Meu Timão. Estou também diariamente na Rádio Mackenzie.

ver detalhes

Corinthians ganha as primeiras 'dores de cabeça' na Copinha

Coluna do Luis Fabiani

Opinião de Luis Fabiani

361 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Corinthians ganha as primeiras dores de cabeça na Copinha

Rodrigo Varanda no treinamento do Corinthians Sub-20

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians de Diogo Siston precisa de soluções na Copinha. Um torneio "tiro-curto", algo como é a Copa do Mundo, demanda que haja a menor insistência no erro possível. Joga quem estiver bem, banca quem estiver mal. Não tem segredo.

Para isso, o treinador do Corinthians precisou solucionar alguns dilemas. De início, encaixou Alemão no time a fim de melhorar a imposição defensiva da equipe. Precisou tomar a difícil decisão de tirar um jogador como Belezi, pilar da equipe em 2021, com trajetória pelo profissional e por seleções de base. Até o momento, parece um movimento acertado.

Desde o início da competição, novos dilemas vão surgindo - e Siston parece se resolver muito bom com eles. Guilherme Biro provou em 120 minutos que estava bem e precisava jogar, algo inesperado para quem acompanhou suas aparições no Sub-20 em 2021. Biro sempre teve dificuldades para se manter em alta intensidade por 90 minutos, mas o garoto se reinventou bastante nesse início de campeonato. É titular.

Para a entrada do Biro, Siston optou por um time mais leve. Sacou Riquelme, recuou Araújo, e deu minutos a uma formação que nunca havia jogado junta em início de partida. Obviamente, vimos um meio de campo mais técnico, mas que cedia espaços além da conta. Sendo assim, é possível que Araújo ou Keven, protagonistas do time em 2021, percam espaço para alguém de maior intensidade defensiva, como Ryan, Riquelme ou Vitor.

As outras dores de cabeça que estão a surgir ficam no setor de ataque. Giovane, principal nome da categoria em 2021, não foi bem contra Resende e River do Piauí. Rodrigo Varanda, saindo do banco, sobrou em relação aos seus oponentes quando esteve em campo. Se Siston de fato prioriza a fase, é capaz que Giovane dê seu lugar no time a Rodrigo Varanda.

O treinador do Corinthians vai precisar ceder em alguns pontos apara montar seu time ideal. E entrou em ume encruzilhada, onde precisará escolher entre seus homens de confiança e quem de fato está entregando futebol na Copinha. Em qual lado vocês ficam?

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians e Copinha.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Luis Fabiani

Por Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie e entusiasta das categorias de base do Corinthians. Desde 2020, estagiário do Meu Timão.

O que você achou do post do Luis Fabiani?

x