Campeonato Brasileiro Feminino 2018

Titulos conquistados pelo Corinthians - Campeonato Brasileiro Feminino 2018
Corinthians Feminino conquistou primeiro Brasileirão em 2018

O Campeonato Brasileiro Feminino de 2018 foi o primeiro título conquistado pelo Corinthians após a separação da parceria entre o clube e o Audax Osasco. O motivo foi a obrigatoriedade da Conmebol de que os times masculinos só poderiam disputar a Libertadores se mantivessem uma equipe de futebol feminino, além de cumprir outras exigências estruturais e esportivas a partir de 2019. 

Nesse período, vale ressaltar, a equipe do Parque São Jorge já começou a se consolidar como uma das principais referências atuais da modalidade.

Sob o comando do técnico Arthur Elias, a equipe fez uma campanha impecável, tendo sofrido apenas uma derrota em 20 jogos do Brasileirão. Ao todo, as corinthianas conquistaram 15 vitórias e outros quatro empates no restante das partidas.

Primeiras fases

Na primeira fase da competição, o Corinthians enfrentou os integrantes do Grupo 1 que, além do Timão, contava com: Iranduba, Kindermann, Ferroviária, São José, Sport, São Francisco e Pinheirense. A equipe terminou em primeiro lugar, com 34 pontos conquistados nos 14 jogos disputados - foram dez vitórias e quatro empates na primeira fase.

Na fase seguinte, o Timão enfrentou a Ponte Preta em jogos de ida e volta. Na primeira partida, o Corinthians venceu por 1 a 0 o confronto no Estádio Moisés Lucarelli, com gol de Millene. No Parque São Jorge, o Corinthians voltou a vencer o adversário com gols de Gabi Zanotti e Marcela. As vitórias garantiram a equipe nas semifinais da competição.

Semifinais

O primeiro jogo da semifinal entre Corinthians e Flamengo terminou em desvantagem para as alvinegras. A equipe carioca venceu o Timão por 2 a 1 na Gávea. O Flamengo abriu o placar com Dany Helena, de cabeça, aos 25 minutos de partida. Ainda na etapa inicial, as donas da casa ampliaram o placar com Flávia.

O Timão voltou para o segundo tempo com o objetivo de diminuir a vantagem adversária e descontou aos 20 minutos de partida. A equipe do Parque São Jorge manteve a pressão durante o restante do confronto, mas acabou perdendo a invencibilidade de 42 jogos conquistadas até aquele momento.

A partida de volta marcou a emoção que se era esperada. Com a presença de 1.523 pessoas na Fazendinha, o Timão precisava da vitória para se classificar e, assim, começou a partida pressionando a saída de bola do Flamengo. A estratégia fez com que a equipe tivesse grandes chances ainda na primeira etapa.

O primeiro gol da equipe do Parque São Jorge saiu aos 36 minutos do primeiro tempo com Gabi Zanotti. Na segunda etapa, aos cinco minutos, Adriana ampliou para 2 a 0 a vantagem do Corinthians. O Flamengo buscou o jogo e chegou a empatar o confronto com Ju e Fernanda Palermo. 

Precisando vencer, o Corinthians viu o técnico Arthur Elias ser expulso por reclamação. Das arquibancadas, o treinador promoveu a entrada de Diany, aos 40 minutos da etapa final. Mudança certeira! A jogadora marcou o terceiro gol dois minutos depois de entrar em campo.

Pouco antes dos acréscimos terem início no Parque São Jorge, o Corinthians teve a oportunidade de ampliar para 4 a 2 o placar numa cobrança de pênalti. A atacante Millene não desperdiçou a chance e garantiu a classificação alvinegra para final do Brasileirão 2018.

Final

O Corinthians não teve dificuldades para confirmar o favoritismo contra o Rio Preto nas finais do Campeonato. No duelo de ida, a equipe do Parque São Jorge venceu pelo placar mínimo. O gol da atacante Adriana garantiu ao clube Parque São Jorge, a vantagem do empate no confronto final, em casa. 

A equipe confirmou o título na Fazendinha com uma goleada por 4 a 0 - os gols foram marcados por Millene, Yasmin, Marcela e Adriana. O duelo começou com Millene abrindo o placar logo no primeiro lance construído pela equipe. Com grande intensidade, a equipe ampliou a vantagem aos cinco minutos, após uma bela cobrança de falta de Yasmin.

Nos 45 minutos finais, o Timão manteve a mesma postura da primeira etapa. Aos seis minutos, a equipe balançou as redes em uma cobrança de pênalti convertida por Marcela. O Corinthians controlou bem a partida e chegou ao quarto gol aos 23 minutos. Adriana saiu sozinha em velocidade e ficou cara a cara com a goleira adversária. A atacante alvinegra bateu rasteiro e deu números finais à decisão. Corinthians 4 x 0 Rio Preto e o primeiro título Brasileiro Feminino da equipe.

Comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x