Campeonato Brasileiro Feminino 2020

Titulos conquistados pelo Corinthians - Campeonato Brasileiro Feminino 2020
Corinthians conquistou o Bicampeonato Brasileiro Feminino em 2020

Depois de uma temporada incrível em 2019, o Corinthians garantiu o segundo título do Campeonato Brasileiro Feminino de sua história em 2020.

Após meses de paralização, as mulheres do Timão voltaram a campo e confirmaram mais uma boa campanha sob o comando de Arthur Elias - este foi o sexto título do treinador no clube.

Com 21 jogos disputados pela equipe do Parque São Jorge, as mulheres alvinegras venceram 19 partidas, empataram duas e sofreram apenas uma derrota.

Primeira fase

Nas primeiras 15 rodadas do Brasileirão Feminino 2020, as 16 equipes participantes enfrentaram todos os adversários e, ao final, os oito melhores times se classificaram para as quartas.

Foi nesta fase que o Corinthians conheceu sua única derrota no Brasileirão. No último jogo antes da paralização por conta da pandemia causada pelo Covid-19, o Corinthians foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 0. O resultado derrubou a marca histórica alcançada pelas alvinegras: a invencibilidade de 48 jogos.

Ainda assim, as corinthianas terminaram a primeira fase em primeiro lugar, com 42 pontos somados. Foram 14 vitórias e 93% de aproveitamento. 

Quartas de final

O Corinthians enfrentou o Grêmio, equipe que se classificou em oitavo lugar na fase anterior. Fora de casa, as corinthianas garantiram uma vantagem de 3 a 0, com gols marcados por Giovanna Crivelari, duas vezes, e Ana, contra.

No jogo de volta, o Corinthians encarou o adversário na Neo Química Arena. O duelo terminou em 2 a 1 para o Timão. Os gols marcados por Gabi Zanotti e Tamires colocaram, de vez, a equipe do Parque São Jorge na semifinal contra o maior rival do clube.

Semifinal

Na primeira semifinal, o Corinthians visitou o Palmeiras no Allianz Parque e pressionou as adversárias durante os primeiros 45 minutos todos do duelo. A equipe rodou bem a bola e procurou espaços. Gabi Zanotti foi a alvinegra que mais levou perigo ao gol adversário.

Na etapa complementar, o panorama seguiu o mesmo do que o primeiro tempo. Vic Albuquerque teve a chance de abrir o placar de cabeça, mas a tentativa acabou sendo travada pela goleira adversária. O Palmeiras chegou a melhorar, mas não incomodou a goleira Lelê. 

O segundo jogo da semifinal aconteceu na Neo Química Arena e, na primeira etapa, o Corinthians manteve o mesmo cenário do primeiro jogo: pressão. A diferença é que, desta vez em casa, o Corinthians abriu o placar aos 21 minutos com Poliana e a equipe teve outra oportunidade, quando Yasmim acertou cobrança de falta na trave. 

Nos 45 minutos finais, o Corinthians definiu a classificação nos acréscimos. Ingyrd marcou um belo gol olímpico - o primeiro do clube no estádio, e Diany completou para as donas da casa: 3 a 0 e mais uma final.

Final

A primeira partida da decisão foi muito movimentada. Corinthians e Avaí/Kindermann, que eliminou o São Paulo na semifinal, buscaram o gol o tempo todo e criaram boas chances de finalização, mas o duelo acabou empatado sem gols.

No jogo de volta, em Itaquera, mais intensidade e movimentação. As adversárias iniciaram a partida com uma marcação alta, incomodando o Timão no ataque. Mas cinco minutos foram suficientes para que o Corinthians abrisse 2 a 0 na zona leste da capital paulista.

Gabi Nunes arriscou e foi travada por Bárbara, mas a bola sobrou para a camisa 11 mandar para o fundo do gol - este foi o primeiro jogo de Gabi Nunes no Brasileirão após retornar de uma lesão no ligamento. Poucos minutos mais tarde, Gabi Zanotti marcou de cabeça. Vale destacar que ambos os gols saíram em cobranças de escanteio magistrais de Diany.

No segundo tempo, o Avaí tentou impor seu ritmo e, aos seis minutos, Zoio descontou para as visitantes. Mas Gabi Zanotti quase não deu tempo para a comemoração adversária. Cinco minutos depois, a meia marcou seu segundo gol e ampliou para 3 a 1 o placar. Na reta final, a atacante Lelê, do Avaí, superou a goleira Lelê, do Corinthians, e fez mais um para as adversárias. Mesmo com a vantagem no placar, o Timão ainda viu Vic Albuquerque deixar o dela e fazer o quarto do Corinthians para confirmar a taça.

Comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x